Amigo Vectreiro,
Participe do nosso grupo OFICIAL no Whatsapp.
Clique e participe ~> Imagem
~ Fique atento as Regras ~

GeralMotor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V
Assuntos gerais sobre o Chevrolet Vectra

91 mensagens
Avatar do usuário
Tales Camargo
GL Member
GL Member
Mensagens: 98
Registrado em: 23 Fev 2014, 22:41
Nome Completo: Tales Camargo Rodrigues de Faria
Cidade: Arcos
Estado: Minas Gerais
Veículo: Vectra CD 2.2 16V Mec.
Fabricação/Modelo: 1994/1995

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por Tales Camargo » 22 Abr 2014, 01:24

Bom, como eu disse, vou relatar aqui a minha experiência com os dois modelos

Sou um feliz possuidor de um Vectra CD 1997 2.0 16v, e pra ser bem honesto até esse fim de semana eu nunca tinha andado em outro carro que não fosse o meu. Nesse sábado eu tive a oportunidade de dirigir o Vectra do Lourenço, um grande amigo meu. O modelo é um GLS 2000 2.2 8v. Guiei o carro e logo na saída já notei a diferença. A resposta do carro de fato aparenta ser mais rápida, em função das 8v. Não quer dizer que a resposta dos 16v seja lenta, muito pelo contrário, mas como o torque dos 8v aparece em rotações mais baixas, o carro passa essa impressão de ter mais resposta. Como eu disse, o torque aparece mais cedo, em rotações menores e se mantém alto mesmo subindo o giro. Achei o carro ideal pra uso urbano, pois não necessita de trocas constantes de marcha, como faço no meu carro , mas vale lembrar que isso varia muito do jeito de guiar da pessoa. Eu, por exemplo, sempre uso marchas em que a rotação se mantém o mais baixo possível, portanto é comum eu andar a 40km/h e estar de quarta, com o carro praticamente na marcha lenta. Eu prefiro andar assim pra não forçar demais o motor e consumir menos, portanto acabo tendo que voltar marchas com mais frequência. Ao passar por um quebra molas, eu sempre volto a primeira, e em um 8v acho que dá pra passar em alguns sem ter que voltar ela toda vez. Mas como eu disse, achei o carro ideal para uso urbano, mas não achei que fosse uma opção tão interessante no asfalto, pois quando o giro sobe muito o motor fica áspero, meio que "amarrado", e mais gastador também. Ainda não parei pra fazer média no meu carro, mas deve estar algo em torno de 8km/l na cidade e 13km/l na rodovia, e creio que um 8v seja mais econômico na cidade e mais gastador na rodovia, em função do desempenho dele em altas e baixas rotações. O meu carro, por exemplo, sustenta velocidades mais altas em giros bem mais baixos na rodovia, o que pode acarretar uma economia de combustível ainda mais sensível, e querendo ou não, o vectra é um carro bem gastador pra andar na cidade, principalmente se você for do tipo que sempre afunda o pé.

Eu vi uma sensível diferença em guiar os dois modelos, mas acho que ambos são igualmente bons tanto na cidade quanto na rodovia. Eu enfatizei muito as diferenças, mas no fim das contas eles possuem um comportamento bastante semelhante, e um rendimento igual. Essa diferença é mais pra quem tá muito acostumado a dirigir apenas vectra, mas acho que vale a pena considerar, já que sua grande dúvida é em relação aos motores.

Outro ponto relevante é a manutenção, que é de fato mais cara nos 16v, pois possuem mais peças. Logo que comprei o meu, mandei trocar a correia dentada, a correia de acessórios e todos os tensionadores, rolamentos e etc., e o serviço ficou em R$733,00. Vale lembrar que o serviço foi feito com peças originais ou de marcas conceituadas, e mão de obra qualificada. Creio que o mesmo serviço em um carro 8v ficaria em torno de uns R$400,00. Mas vale lembrar também que não é tudo no 16v que é mais caro. boa parte da manutenção é igual em ambos os modelos, o que muda mais é quando se fala em motor ou sensores, que ele tem em mais quantidade, o restante da manutenção é igual para ambos (até o óleo do motor é a mesma quantidade para os dois motores). E também, ele estraga com a mesma frequência que qualquer outro carro. Tira dessa cabeça a ideia de que o carro estraga fácil só por ser 16v, isso é conversa fiada de gente que não gasta com manutenção preventiva e prefere consertar o carro só depois que o estrago for completo. O que vai mandar nisso é o quanto ele foi bem cuidado pelo antigo dono. Se o ex-dono for um completo desleixado com o carro, ele vai te dar dor de cabeça com muita frequência, independente dele ser 8v ou 16v. E outra: todo carro usado tem algo pra fazer. Por mais que esteja impecável, sem pre vai ter algo que não esteja do seu agrado, seja um detalhe no interior ou algum vazamento pequeno que talvez nem o antigo dono tenha notado. Se possível, use apenas peças originais ou de marcas conceituadas, e também procure mecânicos bons e que não tenham preguiça de trabalhar, e seu carro vai durar a vida inteira.

Como mecânico, eu prefiro os veículos com 4 válvulas por cilindro, em função da durabilidade, economia e desempenho. Sou mecânico diesel e vejo na oficina em que trabalho que nem os veículos diesel pesados e extra-pesados escaparam das multi-válvulas. Cavalos mecânicos da Mercedes Benz (Axor e outros equipados com o motor OM 457), Scania (124), Volvo (FH), Iveco (Stralis) e outras marcas que utilizam motorização Cummins ou MWM já utilizam quatro válvulas por cilindro. A grande diferença nesses motores está no fato de que o comando de válvulas é acionado diretamente por engrenagens internas no motor, e fica no bloco do motor (exceto no Volvo FH), e não no cabeçote, como nos nossos carros de passeio, e também, a câmara de combustão (face do cabeçote) é plana, portanto as válvulas se abrem em um ângulo reto, impossibilitando a ocorrência de atropelamento das válvulas em caso de alguma quebra.

Voltando ao assunto principal, creio que valha a pena você comprar um vectra do modelo CD, por ser a versão mais completa, afinal, o preço dos carros usados não varia de versão para versão, e sim do ano/modelo e estado de conservação, e por mais que você ache um GLS bem completão (que foi o caso desse que eu dirigi, que tinha até bancos de couro), completo mesmo só o CD (o meu tem, além dos bancos de couro, teto solar, controle de tração, airbag duplo, freios ABS, mesmo sendo três anos mais velho ainda tinha alguns luxos a mais) Se você tiver verba suficiente, lhe recomendaria comprar o CD do Arquiteto, é só comprar e andar (pelas fotos dá pra ver bem né hahaha).

As diferenças dos carros que eu dirigi:
O meu é um CD 1997 2.0 16V com airbag, controle de tração, ABS e câmbio F18
O do Lourenço é um GLS 2000 2.2 8V com câmbio F23

Eu ainda prefiro o meu, por ser meu (óbvio kkkk) e pelo bom desempenho na cidade, e melhor desempenho em rodovias, mesmo eu não viajando muito, gosto de saber que quando eu precisar de performance eu vou ter ela disponível. Mas confesso que apaixonei com o 8v também.

Aí vai uma foto dos dois, no mesmo dia em que eu dirigi o carro (o meu é o da esquerda)

Imagem
Vectra CD 2.2 16v+T.Solar+B.Couro+ArCond+DirHid+VE+Cont.Tração+Comp.Bordo+ABS+AirB

viewtopic.php?f=70&t=3740

Imagem

Avatar do usuário
WolneyJr
Member
Member
Mensagens: 45
Registrado em: 17 Abr 2014, 12:56
Nome Completo: Wolney Jardim da Silva Junior
Cidade: Palhoça
Estado: Santa Catarina
Veículo: Vectra Expression 2.0 MPFI 8V
Fabricação/Modelo: 2000/2000

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por WolneyJr » 22 Abr 2014, 05:17

Tales Camargo escreveu:Bom, como eu disse, vou relatar aqui a minha experiência com os dois modelos

Sou um feliz possuidor de um Vectra CD 1997 2.0 16v, e pra ser bem honesto até esse fim de semana eu nunca tinha andado em outro carro que não fosse o meu. Nesse sábado eu tive a oportunidade de dirigir o Vectra do Lourenço, um grande amigo meu. O modelo é um GLS 2000 2.2 8v. Guiei o carro e logo na saída já notei a diferença. A resposta do carro de fato aparenta ser mais rápida, em função das 8v. Não quer dizer que a resposta dos 16v seja lenta, muito pelo contrário, mas como o torque dos 8v aparece em rotações mais baixas, o carro passa essa impressão de ter mais resposta. Como eu disse, o torque aparece mais cedo, em rotações menores e se mantém alto mesmo subindo o giro. Achei o carro ideal pra uso urbano, pois não necessita de trocas constantes de marcha, como faço no meu carro , mas vale lembrar que isso varia muito do jeito de guiar da pessoa. Eu, por exemplo, sempre uso marchas em que a rotação se mantém o mais baixo possível, portanto é comum eu andar a 40km/h e estar de quarta, com o carro praticamente na marcha lenta. Eu prefiro andar assim pra não forçar demais o motor e consumir menos, portanto acabo tendo que voltar marchas com mais frequência. Ao passar por um quebra molas, eu sempre volto a primeira, e em um 8v acho que dá pra passar em alguns sem ter que voltar ela toda vez. Mas como eu disse, achei o carro ideal para uso urbano, mas não achei que fosse uma opção tão interessante no asfalto, pois quando o giro sobe muito o motor fica áspero, meio que "amarrado", e mais gastador também. Ainda não parei pra fazer média no meu carro, mas deve estar algo em torno de 8km/l na cidade e 13km/l na rodovia, e creio que um 8v seja mais econômico na cidade e mais gastador na rodovia, em função do desempenho dele em altas e baixas rotações. O meu carro, por exemplo, sustenta velocidades mais altas em giros bem mais baixos na rodovia, o que pode acarretar uma economia de combustível ainda mais sensível, e querendo ou não, o vectra é um carro bem gastador pra andar na cidade, principalmente se você for do tipo que sempre afunda o pé.

Eu vi uma sensível diferença em guiar os dois modelos, mas acho que ambos são igualmente bons tanto na cidade quanto na rodovia. Eu enfatizei muito as diferenças, mas no fim das contas eles possuem um comportamento bastante semelhante, e um rendimento igual. Essa diferença é mais pra quem tá muito acostumado a dirigir apenas vectra, mas acho que vale a pena considerar, já que sua grande dúvida é em relação aos motores.

Outro ponto relevante é a manutenção, que é de fato mais cara nos 16v, pois possuem mais peças. Logo que comprei o meu, mandei trocar a correia dentada, a correia de acessórios e todos os tensionadores, rolamentos e etc., e o serviço ficou em R$733,00. Vale lembrar que o serviço foi feito com peças originais ou de marcas conceituadas, e mão de obra qualificada. Creio que o mesmo serviço em um carro 8v ficaria em torno de uns R$400,00. Mas vale lembrar também que não é tudo no 16v que é mais caro. boa parte da manutenção é igual em ambos os modelos, o que muda mais é quando se fala em motor ou sensores, que ele tem em mais quantidade, o restante da manutenção é igual para ambos (até o óleo do motor é a mesma quantidade para os dois motores). E também, ele estraga com a mesma frequência que qualquer outro carro. Tira dessa cabeça a ideia de que o carro estraga fácil só por ser 16v, isso é conversa fiada de gente que não gasta com manutenção preventiva e prefere consertar o carro só depois que o estrago for completo. O que vai mandar nisso é o quanto ele foi bem cuidado pelo antigo dono. Se o ex-dono for um completo desleixado com o carro, ele vai te dar dor de cabeça com muita frequência, independente dele ser 8v ou 16v. E outra: todo carro usado tem algo pra fazer. Por mais que esteja impecável, sem pre vai ter algo que não esteja do seu agrado, seja um detalhe no interior ou algum vazamento pequeno que talvez nem o antigo dono tenha notado. Se possível, use apenas peças originais ou de marcas conceituadas, e também procure mecânicos bons e que não tenham preguiça de trabalhar, e seu carro vai durar a vida inteira.

Como mecânico, eu prefiro os veículos com 4 válvulas por cilindro, em função da durabilidade, economia e desempenho. Sou mecânico diesel e vejo na oficina em que trabalho que nem os veículos diesel pesados e extra-pesados escaparam das multi-válvulas. Cavalos mecânicos da Mercedes Benz (Axor e outros equipados com o motor OM 457), Scania (124), Volvo (FH), Iveco (Stralis) e outras marcas que utilizam motorização Cummins ou MWM já utilizam quatro válvulas por cilindro. A grande diferença nesses motores está no fato de que o comando de válvulas é acionado diretamente por engrenagens internas no motor, e fica no bloco do motor (exceto no Volvo FH), e não no cabeçote, como nos nossos carros de passeio, e também, a câmara de combustão (face do cabeçote) é plana, portanto as válvulas se abrem em um ângulo reto, impossibilitando a ocorrência de atropelamento das válvulas em caso de alguma quebra.

Voltando ao assunto principal, creio que valha a pena você comprar um vectra do modelo CD, por ser a versão mais completa, afinal, o preço dos carros usados não varia de versão para versão, e sim do ano/modelo e estado de conservação, e por mais que você ache um GLS bem completão (que foi o caso desse que eu dirigi, que tinha até bancos de couro), completo mesmo só o CD (o meu tem, além dos bancos de couro, teto solar, controle de tração, airbag duplo, freios ABS, mesmo sendo três anos mais velho ainda tinha alguns luxos a mais) Se você tiver verba suficiente, lhe recomendaria comprar o CD do Arquiteto, é só comprar e andar (pelas fotos dá pra ver bem né hahaha).

As diferenças dos carros que eu dirigi:
O meu é um CD 1997 2.0 16V com airbag, controle de tração, ABS e câmbio F18
O do Lourenço é um GLS 2000 2.2 8V com câmbio F23

Eu ainda prefiro o meu, por ser meu (óbvio kkkk) e pelo bom desempenho na cidade, e melhor desempenho em rodovias, mesmo eu não viajando muito, gosto de saber que quando eu precisar de performance eu vou ter ela disponível. Mas confesso que apaixonei com o 8v também.

Aí vai uma foto dos dois, no mesmo dia em que eu dirigi o carro (o meu é o da esquerda)

Imagem


E ai Tales, blz?
Com a ajuda de todos aqui ja estou conseguindo perceber as principais diferenças entre os motores 8 e 16 valvulas do Vectrao. Percebi uma certa preferencia pelos 16v, mas acho que o 8v vai se encaixar melhor no meu dia a dia, e pq nao, em alguns momentos gastar menos pra deixar o carro em dia. Se eu achar um 16v em bom estado, logico que nao vou deixar de pegar. Esse do arquiteto minha grana nao alcança heheh.

Quanto as versões agora que estou vendo as disponíveis. Pelo que vi a Challenger tbm é muito completa, mas particularmente acho ela com um toque mais de esportividade, e prefiro algo mais conservador. Entao na ordem seria a CD, a Expression e por fim o GLS. Mas isso sao apenas preferências rsrs.

Vlw pelad dicas.

zau
GL Member
GL Member
Mensagens: 63
Registrado em: 15 Set 2013, 16:33
Nome Completo: Diego Franco
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Minas Gerais
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por zau » 22 Abr 2014, 09:03

Tales Camargo escreveu:Outro ponto relevante é a manutenção, que é de fato mais cara nos 16v, pois possuem mais peças. Logo que comprei o meu, mandei trocar a correia dentada, a correia de acessórios e todos os tensionadores, rolamentos e etc., e o serviço ficou em R$733,00. Vale lembrar que o serviço foi feito com peças originais ou de marcas conceituadas, e mão de obra qualificada. Creio que o mesmo serviço em um carro 8v ficaria em torno de uns R$400,00.


Fala Tales,

Acho que nessa ai vc está errado heim, trocar as correias nos 8v e nos 16v é praticamente a mesma coisa, vai precisar da mesma qtde de peças oq pode mudar é o valor das peças mas nada absurdo não, já a mão de obra deveria ser praticamente a MESMA, pois como já repeti acima 2 vezes ambos os motores aceitam a troca por marcação de tinta, não precisa de ferramenta especial ou desmontar nem uma vela para o relógio comparador.
Tem que ficar esparto pq tem muito mecanico safo que só pq o carro tem 16v estampado no emblem vê oportunidade de ganhar uma grana extra.

[]`s
ZAU

rgapski
Moderador Sênior
Moderador Sênior
Mensagens: 1698
Registrado em: 10 Abr 2013, 16:01
Nome Completo: Raphael Pedreira Gapski
Cidade: Mauá
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por rgapski » 22 Abr 2014, 11:40

Pessoal,

Vou deixar minha contribuição ao tópico, pois já dirigir todos os modelos do vectra, exceto o GSi.

A primeira coisa que tenho a dizer: os 16v são superiores, sim.
Quem diz que não, é saudosista e adepto daquele ditado do vovô que diz que "carro bom é fusca pq não tem radiador".

Primeiro vou falar de algumas vantagens dos motores 16v sobre os 8v.
E como não há argumentos contra fatos, vejamos:

1) Os 16v "respiram" melhor, afinal, duas válvulas quando somadas tem área maior que apenas uma.
Se um motor consegue admitir mais ar e combustível, ele obterá maior potencia e torque. Simples assim.

2) No caso do vectra, nos 16v a injeção é sequencial (injeta combustivel na hora exata) e utiliza sonda lambda aquecida, que tem uma leitura mais precisa.

3) Os motores 16v, pela dinâmica em que admitem a mistura ar+gasolina, são geralmente mais econômicos quando conduzidos em baixa rpm (antes da faixa máxima de torque).

4) 16v não são "xoxos" em baixa rpm. Geralmente, 80% do torque já esta disponível nas 2mil rpms.
O que acontece é que os 16v conseguem mandar mais torque em rotações mais altas, que dá aquela sensação de fôlego, em geral inexistentes nos 8v, que despejam tudo de uma vez antes de atingir as 3mil rpm.

5) "Carro 16v tem manutenção mais cara"
Meia verdade.
A unica coisa que muda em um motor 16v para um 8v, é o cabeçote e sua distribuição (correia).
Alguem aqui quebra cabeçote todo ano?! Acho que ninguém, né...
A manutenção do 16v só é mais cara que um 8v quando se meche no cabeçote e nas correias, o que não acontece sempre, afinal, uma correia e jogo de esticadores dura pelo menos 50mil km ou 5 anos e não custa o dobro do 8v, no maximo 50~60% à mais.

Essa sensação defendida por muitos de que o vectra 8v é mais esperto e o 16v é mais xoxo é somente devido ao câmbio.
Os motores 16v usam cambio com relações longas (mais velocidade por rpm) e espaçadas entre si (cai mais a rpm entre as trocas), enquanto os 8v utilizam cambio curto (menos velocidade por rpm) e justas entre si (queda menor de rpm entre as trocas).

Se você colocar um motor 16v em um vectra 8v, certamente o carro ficará mais esperto e com muito mais fôlego em alta rpm.

A GM adotou o cambio longo nos vectras 16v justamente pelo fato do motor deste motor ter mais torque e potência, permitindo maiores velocidades com rotações mais baixas, o que novamente favorece o consumo.
Por isso essa "diferença".

Se colocar um 8v contra um 16v na pista, o 16v some na frente...

Quem tem 16v e acha fraco na cidade, basta colocar um cambio mais curto que vieram nos 8v (F18cr ou F23).

Abs!
Raphael - Mauá-SP - Desvectrado.


Garagens:
11' Fiat Punto Essence 1.6 16v
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=71&t=8905
01' Chevrolet Vectra Challenge.
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=70&t=184
Imagem

zau
GL Member
GL Member
Mensagens: 63
Registrado em: 15 Set 2013, 16:33
Nome Completo: Diego Franco
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Minas Gerais
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por zau » 22 Abr 2014, 13:09

rgapski escreveu:4) 16v não são "xoxos" em baixa rpm. Geralmente, 80% do torque já esta disponível nas 2mil rpms.
O que acontece é que os 16v conseguem mandar mais torque em rotações mais altas, que dá aquela sensação de fôlego, em geral inexistentes nos 8v, que despejam tudo de uma vez antes de atingir as 3mil rpm.

O fato de ser 16v não é o determinante para um carro ser "xoxo" ou não, quem dita isso é o commando de valvulas, no caso dos 16v sem commando variavel (VVTI, Vanos, VTEC, etc...) sempre optaram por um commando de melhor performance em altas rotações para melhor utilizar as caracteristicas do motor 16v.
Motores antigos como da GM F2 tendem a entregar potência em altas rotações, isso pq não teem commando variavel, item que possibilita o melhor dos dois mundos. Pessoalmente nunca vi um motor 16v antigo que privilegie baixas rotações, definitivamente o F2 GM usado no Vectra não usa esse esquema.

rgapski escreveu:5) "Carro 16v tem manutenção mais cara"
Meia verdade.
A unica coisa que muda em um motor 16v para um 8v, é o cabeçote e sua distribuição (correia).
Alguem aqui quebra cabeçote todo ano?! Acho que ninguém, né...
A manutenção do 16v só é mais cara que um 8v quando se meche no cabeçote e nas correias, o que não acontece sempre, afinal, uma correia e jogo de esticadores dura pelo menos 50mil km ou 5 anos e não custa o dobro do 8v, no maximo 50~60% à mais.


Mais uma vez, não tem dessa de troca de correia ser mais cara nos vectras, isso pq o processo é o mesmo e a qtde de peças tb, não posso confirmar, mas talvez até os tensores sejam os mesmos, oq muda são as correias pq as dos 16v são maiores pois tem que passer por 2 commandos de valvulas, fato que é o unico que pode causar diferença em qtde de peças entre as duas versões pois caso exista algum vazamento de oleo nos retentores de commando, obviamente os 16v tem dois já os 8v tem apenas um, sendo assim é a única diferença, ou seja se um mecanico disser que a mão de obra é mais cara nos 16v questione ou mude de mecanico. (algumas correias tem até instruções de como trocar dentro da caixa)

No mais, concord com o restante dito pelo colega.

[]`s
ZAU

ps.: desculpem pelos erros de português mas meu PC esta configurado com o idiome ingles e com a autocorreção fica toda hora mudando oq escrevo, acabei deixando assim mesmo rssss

Avatar do usuário
Alcir Andreoni
CHALLENGE Member
CHALLENGE Member
Mensagens: 7044
Registrado em: 14 Mai 2013, 11:29
Nome Completo: Alcir José Secco Andreoni
Cidade: São Paulo
Estado: São Paulo
Veículo: Não Disponível - informe a Equipe CDV
Fabricação/Modelo: 2009/2009

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por Alcir Andreoni » 22 Abr 2014, 13:30

zau escreveu:Mais uma vez, não tem dessa de troca de correia ser mais cara nos vectras, isso pq o processo é o mesmo e a qtde de peças tb, não posso confirmar, mas talvez até os tensores sejam os mesmos, oq muda são as correias pq as dos 16v são maiores pois tem que passer por 2 commandos de valvulas, fato que é o unico que pode causar diferença em qtde de peças entre as duas versões pois caso exista algum vazamento de oleo nos retentores de commando, obviamente os 16v tem dois já os 8v tem apenas um, sendo assim é a única diferença, ou seja se um mecanico disser que a mão de obra é mais cara nos 16v questione ou mude de mecanico. (algumas correias tem até instruções de como trocar dentro da caixa)



Posso discordar?

O 16V tem um rolamento a mais na correia que o 8V.
Imagem

Isso deixa marcas profundas!

rgapski
Moderador Sênior
Moderador Sênior
Mensagens: 1698
Registrado em: 10 Abr 2013, 16:01
Nome Completo: Raphael Pedreira Gapski
Cidade: Mauá
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por rgapski » 22 Abr 2014, 13:41

Alcir Andreoni escreveu:
zau escreveu:Mais uma vez, não tem dessa de troca de correia ser mais cara nos vectras, isso pq o processo é o mesmo e a qtde de peças tb, não posso confirmar, mas talvez até os tensores sejam os mesmos, oq muda são as correias pq as dos 16v são maiores pois tem que passer por 2 commandos de valvulas, fato que é o unico que pode causar diferença em qtde de peças entre as duas versões pois caso exista algum vazamento de oleo nos retentores de commando, obviamente os 16v tem dois já os 8v tem apenas um, sendo assim é a única diferença, ou seja se um mecanico disser que a mão de obra é mais cara nos 16v questione ou mude de mecanico. (algumas correias tem até instruções de como trocar dentro da caixa)



Posso discordar?

O 16V tem um rolamento a mais na correia que o 8V.


Alcir,

Acho que tem dois à mais... rs
No 16v, temos dois rolamentos de apoio e um rolamento esticador (tres no total).
No 8v só tem o rolamento esticador.

O que encarece no 16v é justamente esses dois rolamentos de apoio. Não lembro quanto paguei nos meus, mas acho que foi na ordem de R$ 60~70 cada um (original).

Se for só trocar a correia e o esticador, como muito mecânico porco faz, o custo do 16v e do 8v é praticamente o mesmo...

Abs!
Raphael - Mauá-SP - Desvectrado.


Garagens:
11' Fiat Punto Essence 1.6 16v
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=71&t=8905
01' Chevrolet Vectra Challenge.
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=70&t=184
Imagem

zau
GL Member
GL Member
Mensagens: 63
Registrado em: 15 Set 2013, 16:33
Nome Completo: Diego Franco
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Minas Gerais
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por zau » 22 Abr 2014, 13:47

Só tem 1 a mais devido ao volta no Segundo commando, contudo eles não precisam ser trocados a menos que tenham problemas, eles são fixos e não perdem ação, oq se troca são os tensores.

[]`s
ZAU

rgapski
Moderador Sênior
Moderador Sênior
Mensagens: 1698
Registrado em: 10 Abr 2013, 16:01
Nome Completo: Raphael Pedreira Gapski
Cidade: Mauá
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por rgapski » 22 Abr 2014, 13:55

zau escreveu:Só tem 1 a mais devido ao volta no Segundo commando, contudo eles não precisam ser trocados a menos que tenham problemas, eles são fixos e não perdem ação, oq se troca são os tensores.

[]`s
ZAU


Não senhor... São DOIS à mais...
Dá uma olhadinha nas imagens abaixo:

8v
Imagem

16v
Imagem

Cuidado ao afirmar categoricamente uma coisa, pois em uma dessa, você pode induzir algum colega do clube à erro na hora da manutenção.
Quando afirmamos alguma coisa, temos que ter absoluta certeza.

Os tensores e rolamentos de apoio se trocam sempre que se realizar a manutenção da correia.
Não trocá-los é a mesma coisa que tomar banho e usar cueca suja.

Abs!
Raphael - Mauá-SP - Desvectrado.


Garagens:
11' Fiat Punto Essence 1.6 16v
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=71&t=8905
01' Chevrolet Vectra Challenge.
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=70&t=184
Imagem

zau
GL Member
GL Member
Mensagens: 63
Registrado em: 15 Set 2013, 16:33
Nome Completo: Diego Franco
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Minas Gerais
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por zau » 22 Abr 2014, 14:08

Fato, são 2, assumido o erro, contudo continuo sem troca-los, como não os troquei no meu Vectra.
Troca-los é como trocar as engrenagens dos commandos, do vira, e bomba d'agua em todas as troca de correia.
Caso estivessemos falando de um carro cuja a mão de obra fosse extremamente cara, vide caso dos Marea, eu diria para trocar contudo no caso dos GM caso algum começe a roncar a troca é tão simples que se faz em minutos, e o valor não é o mesmo da troca da correia pois são situações diferentes, sendo assim continuao com minha afirmação só troca se der problema, diferente do tensor que é responsável por manter a correia na tensão correta de funcionamento.

[]`s
ZAU

rgapski
Moderador Sênior
Moderador Sênior
Mensagens: 1698
Registrado em: 10 Abr 2013, 16:01
Nome Completo: Raphael Pedreira Gapski
Cidade: Mauá
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por rgapski » 22 Abr 2014, 14:57

zau escreveu:Fato, são 2, assumido o erro, contudo continuo sem troca-los, como não os troquei no meu Vectra.
Troca-los é como trocar as engrenagens dos commandos, do vira, e bomba d'agua em todas as troca de correia.
Caso estivessemos falando de um carro cuja a mão de obra fosse extremamente cara, vide caso dos Marea, eu diria para trocar contudo no caso dos GM caso algum começe a roncar a troca é tão simples que se faz em minutos, e o valor não é o mesmo da troca da correia pois são situações diferentes, sendo assim continuao com minha afirmação só troca se der problema, diferente do tensor que é responsável por manter a correia na tensão correta de funcionamento.

[]`s
ZAU


Bom, cada um sabe onde aperta o calo, não é mesmo?
Eu não arrisco. Troquei os meus (originais) com 75mil km e já tinham folga, embora não fizessem qualquer barulho anormal.

Abs
Raphael - Mauá-SP - Desvectrado.


Garagens:
11' Fiat Punto Essence 1.6 16v
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=71&t=8905
01' Chevrolet Vectra Challenge.
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=70&t=184
Imagem

Avatar do usuário
Tales Camargo
GL Member
GL Member
Mensagens: 98
Registrado em: 23 Fev 2014, 22:41
Nome Completo: Tales Camargo Rodrigues de Faria
Cidade: Arcos
Estado: Minas Gerais
Veículo: Vectra CD 2.2 16V Mec.
Fabricação/Modelo: 1994/1995

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por Tales Camargo » 22 Abr 2014, 22:13

zau escreveu:
Tales Camargo escreveu:Outro ponto relevante é a manutenção, que é de fato mais cara nos 16v, pois possuem mais peças


Fala Tales,

Acho que nessa ai vc está errado heim, trocar as correias nos 8v e nos 16v é praticamente a mesma coisa, vai precisar da mesma qtde de peças oq pode mudar é o valor das peças mas nada absurdo não, já a mão de obra deveria ser praticamente a MESMA, pois como já repeti acima 2 vezes ambos os motores aceitam a troca por marcação de tinta, não precisa de ferramenta especial ou desmontar nem uma vela para o relógio comparador.
Tem que ficar esparto pq tem muito mecanico safo que só pq o carro tem 16v estampado no emblem vê oportunidade de ganhar uma grana extra.

[]`s
ZAU

ZAU, como eu disse no meu próprio comentário, o que vai influenciar no valor é a quantidade de peças que o 16v possui a mais, e obviamente a qualidade delas. A mão de obra aqui muda de valor de um modelo pro outro sim, mas não é muita coisa, e eu acho até justo, pois é um motor um pouco mais trabalhoso de se mexer, e quando mandei trocar a correia do meu carro eles usaram a ferramenta para travar os eixos de comando, e achei prudente da parte deles, por quererem fazer um serviço mais garantido. E em relação à troca dos rolamentos, eu troquei os dois e o tensionador, sendo bobagem ou não, sou mecânico também e sei o quanto é arriscado rodar com peças em que não se sabe o estado rela de conservação (no meu caso eu tinha acabado de comprar o carro), e mesmo assim, prefiro trocar ambos os rolamentos e tensionadores em todas as trocas de correia, pois como dizem os populares, "já que tá mexendo, faz o serviço direito" kkkkk fica mais caro sim, porém, dá pra dormir com a consciência limpa e tranquila

WolneyJr escreveu:E ai Tales, blz?
Com a ajuda de todos aqui ja estou conseguindo perceber as principais diferenças entre os motores 8 e 16 valvulas do Vectrao. Percebi uma certa preferencia pelos 16v, mas acho que o 8v vai se encaixar melhor no meu dia a dia, e pq nao, em alguns momentos gastar menos pra deixar o carro em dia. Se eu achar um 16v em bom estado, logico que nao vou deixar de pegar. Esse do arquiteto minha grana nao alcança heheh.

Quanto as versões agora que estou vendo as disponíveis. Pelo que vi a Challenger tbm é muito completa, mas particularmente acho ela com um toque mais de esportividade, e prefiro algo mais conservador. Entao na ordem seria a CD, a Expression e por fim o GLS. Mas isso sao apenas preferências rsrs.

Vlw pelad dicas.


Então Wolney, creio que a preferência da maioria de fato seja pelos 16v, mas se você acha que o 8v se encaixa melhor na sua rotina, vai na fé que você não vai se arrepender! Essa discussão toda trata-se mais de preferência mesmo, mas com cada um relatando os pontos fortes de cada modelo de motorização dá pra você tirar uma boa base. A versão Challenge é tão completa quanto a CD, mas é raro encontrar um Challenge com teto solar (apesar de eu achar a cor Cinza Pontal dos Challenge a mais linda para o Vectra), e o que divide muitos gostos é interior do carro, que possui os detalhes em cinza e preto. Eu particularmente sonho em encontrar um legítimo Challenge Cinza Pontal com teto solar (só trocaria o meu CD por um desses :40: ) mas isso é uma mosca branca dos olhos azuis. Eu, apesar de muito conservador também (se olhar minha garagem vai perceber isso), sou apaixonado com aquele interior em duas cores, combinando com a cor externa do carro

Em relação ao rgapski:

rgapski escreveu:Pessoal,

Vou deixar minha contribuição ao tópico, pois já dirigir todos os modelos do vectra, exceto o GSi.

A primeira coisa que tenho a dizer: os 16v são superiores, sim.
Quem diz que não, é saudosista e adepto daquele ditado do vovô que diz que "carro bom é fusca pq não tem radiador".

Primeiro vou falar de algumas vantagens dos motores 16v sobre os 8v.
E como não há argumentos contra fatos, vejamos:

1) Os 16v "respiram" melhor, afinal, duas válvulas quando somadas tem área maior que apenas uma.
Se um motor consegue admitir mais ar e combustível, ele obterá maior potencia e torque. Simples assim.

2) No caso do vectra, nos 16v a injeção é sequencial (injeta combustivel na hora exata) e utiliza sonda lambda aquecida, que tem uma leitura mais precisa.

3) Os motores 16v, pela dinâmica em que admitem a mistura ar+gasolina, são geralmente mais econômicos quando conduzidos em baixa rpm (antes da faixa máxima de torque).

4) 16v não são "xoxos" em baixa rpm. Geralmente, 80% do torque já esta disponível nas 2mil rpms.
O que acontece é que os 16v conseguem mandar mais torque em rotações mais altas, que dá aquela sensação de fôlego, em geral inexistentes nos 8v, que despejam tudo de uma vez antes de atingir as 3mil rpm.

5) "Carro 16v tem manutenção mais cara"
Meia verdade.
A unica coisa que muda em um motor 16v para um 8v, é o cabeçote e sua distribuição (correia).
Alguem aqui quebra cabeçote todo ano?! Acho que ninguém, né...
A manutenção do 16v só é mais cara que um 8v quando se meche no cabeçote e nas correias, o que não acontece sempre, afinal, uma correia e jogo de esticadores dura pelo menos 50mil km ou 5 anos e não custa o dobro do 8v, no maximo 50~60% à mais.

Essa sensação defendida por muitos de que o vectra 8v é mais esperto e o 16v é mais xoxo é somente devido ao câmbio.
Os motores 16v usam cambio com relações longas (mais velocidade por rpm) e espaçadas entre si (cai mais a rpm entre as trocas), enquanto os 8v utilizam cambio curto (menos velocidade por rpm) e justas entre si (queda menor de rpm entre as trocas).

Se você colocar um motor 16v em um vectra 8v, certamente o carro ficará mais esperto e com muito mais fôlego em alta rpm.

A GM adotou o cambio longo nos vectras 16v justamente pelo fato do motor deste motor ter mais torque e potência, permitindo maiores velocidades com rotações mais baixas, o que novamente favorece o consumo.
Por isso essa "diferença".

Se colocar um 8v contra um 16v na pista, o 16v some na frente...

Quem tem 16v e acha fraco na cidade, basta colocar um cambio mais curto que vieram nos 8v (F18cr ou F23).

Abs!


Só tenho a concordar! Falou tudo que eu queria falar também, tanto é que nem tenho o que complementar na fala dele kkkkk

Enfim, meus relatos e opiniões são esses
Vectra CD 2.2 16v+T.Solar+B.Couro+ArCond+DirHid+VE+Cont.Tração+Comp.Bordo+ABS+AirB

viewtopic.php?f=70&t=3740

Imagem

Avatar do usuário
WolneyJr
Member
Member
Mensagens: 45
Registrado em: 17 Abr 2014, 12:56
Nome Completo: Wolney Jardim da Silva Junior
Cidade: Palhoça
Estado: Santa Catarina
Veículo: Vectra Expression 2.0 MPFI 8V
Fabricação/Modelo: 2000/2000

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por WolneyJr » 23 Abr 2014, 03:20

Galera. Desculpa dizer. Mas estou um pouco indeciso agora. Vou tentar dirigir os dois pra ficar mais facil escolher. Pq como disse, vai ser o meu primeiro carro, entao nao tenho muita noçao. E confesso que eu tenho um pouco de medo quanto a manutençao mesmo.


Tales Camargo escreveu:
zau escreveu:
Tales Camargo escreveu:Outro ponto relevante é a manutenção, que é de fato mais cara nos 16v, pois possuem mais peças


Fala Tales,

Acho que nessa ai vc está errado heim, trocar as correias nos 8v e nos 16v é praticamente a mesma coisa, vai precisar da mesma qtde de peças oq pode mudar é o valor das peças mas nada absurdo não, já a mão de obra deveria ser praticamente a MESMA, pois como já repeti acima 2 vezes ambos os motores aceitam a troca por marcação de tinta, não precisa de ferramenta especial ou desmontar nem uma vela para o relógio comparador.
Tem que ficar esparto pq tem muito mecanico safo que só pq o carro tem 16v estampado no emblem vê oportunidade de ganhar uma grana extra.

[]`s
ZAU

ZAU, como eu disse no meu próprio comentário, o que vai influenciar no valor é a quantidade de peças que o 16v possui a mais, e obviamente a qualidade delas. A mão de obra aqui muda de valor de um modelo pro outro sim, mas não é muita coisa, e eu acho até justo, pois é um motor um pouco mais trabalhoso de se mexer, e quando mandei trocar a correia do meu carro eles usaram a ferramenta para travar os eixos de comando, e achei prudente da parte deles, por quererem fazer um serviço mais garantido. E em relação à troca dos rolamentos, eu troquei os dois e o tensionador, sendo bobagem ou não, sou mecânico também e sei o quanto é arriscado rodar com peças em que não se sabe o estado rela de conservação (no meu caso eu tinha acabado de comprar o carro), e mesmo assim, prefiro trocar ambos os rolamentos e tensionadores em todas as trocas de correia, pois como dizem os populares, "já que tá mexendo, faz o serviço direito" kkkkk fica mais caro sim, porém, dá pra dormir com a consciência limpa e tranquila

WolneyJr escreveu:E ai Tales, blz?
Com a ajuda de todos aqui ja estou conseguindo perceber as principais diferenças entre os motores 8 e 16 valvulas do Vectrao. Percebi uma certa preferencia pelos 16v, mas acho que o 8v vai se encaixar melhor no meu dia a dia, e pq nao, em alguns momentos gastar menos pra deixar o carro em dia. Se eu achar um 16v em bom estado, logico que nao vou deixar de pegar. Esse do arquiteto minha grana nao alcança heheh.

Quanto as versões agora que estou vendo as disponíveis. Pelo que vi a Challenger tbm é muito completa, mas particularmente acho ela com um toque mais de esportividade, e prefiro algo mais conservador. Entao na ordem seria a CD, a Expression e por fim o GLS. Mas isso sao apenas preferências rsrs.

Vlw pelad dicas.


Então Wolney, creio que a preferência da maioria de fato seja pelos 16v, mas se você acha que o 8v se encaixa melhor na sua rotina, vai na fé que você não vai se arrepender! Essa discussão toda trata-se mais de preferência mesmo, mas com cada um relatando os pontos fortes de cada modelo de motorização dá pra você tirar uma boa base. A versão Challenge é tão completa quanto a CD, mas é raro encontrar um Challenge com teto solar (apesar de eu achar a cor Cinza Pontal dos Challenge a mais linda para o Vectra), e o que divide muitos gostos é interior do carro, que possui os detalhes em cinza e preto. Eu particularmente sonho em encontrar um legítimo Challenge Cinza Pontal com teto solar (só trocaria o meu CD por um desses :40: ) mas isso é uma mosca branca dos olhos azuis. Eu, apesar de muito conservador também (se olhar minha garagem vai perceber isso), sou apaixonado com aquele interior em duas cores, combinando com a cor externa do carro

Em relação ao rgapski:

rgapski escreveu:Pessoal,

Vou deixar minha contribuição ao tópico, pois já dirigir todos os modelos do vectra, exceto o GSi.

A primeira coisa que tenho a dizer: os 16v são superiores, sim.
Quem diz que não, é saudosista e adepto daquele ditado do vovô que diz que "carro bom é fusca pq não tem radiador".

Primeiro vou falar de algumas vantagens dos motores 16v sobre os 8v.
E como não há argumentos contra fatos, vejamos:

1) Os 16v "respiram" melhor, afinal, duas válvulas quando somadas tem área maior que apenas uma.
Se um motor consegue admitir mais ar e combustível, ele obterá maior potencia e torque. Simples assim.

2) No caso do vectra, nos 16v a injeção é sequencial (injeta combustivel na hora exata) e utiliza sonda lambda aquecida, que tem uma leitura mais precisa.

3) Os motores 16v, pela dinâmica em que admitem a mistura ar+gasolina, são geralmente mais econômicos quando conduzidos em baixa rpm (antes da faixa máxima de torque).

4) 16v não são "xoxos" em baixa rpm. Geralmente, 80% do torque já esta disponível nas 2mil rpms.
O que acontece é que os 16v conseguem mandar mais torque em rotações mais altas, que dá aquela sensação de fôlego, em geral inexistentes nos 8v, que despejam tudo de uma vez antes de atingir as 3mil rpm.

5) "Carro 16v tem manutenção mais cara"
Meia verdade.
A unica coisa que muda em um motor 16v para um 8v, é o cabeçote e sua distribuição (correia).
Alguem aqui quebra cabeçote todo ano?! Acho que ninguém, né...
A manutenção do 16v só é mais cara que um 8v quando se meche no cabeçote e nas correias, o que não acontece sempre, afinal, uma correia e jogo de esticadores dura pelo menos 50mil km ou 5 anos e não custa o dobro do 8v, no maximo 50~60% à mais.

Essa sensação defendida por muitos de que o vectra 8v é mais esperto e o 16v é mais xoxo é somente devido ao câmbio.
Os motores 16v usam cambio com relações longas (mais velocidade por rpm) e espaçadas entre si (cai mais a rpm entre as trocas), enquanto os 8v utilizam cambio curto (menos velocidade por rpm) e justas entre si (queda menor de rpm entre as trocas).

Se você colocar um motor 16v em um vectra 8v, certamente o carro ficará mais esperto e com muito mais fôlego em alta rpm.

A GM adotou o cambio longo nos vectras 16v justamente pelo fato do motor deste motor ter mais torque e potência, permitindo maiores velocidades com rotações mais baixas, o que novamente favorece o consumo.
Por isso essa "diferença".

Se colocar um 8v contra um 16v na pista, o 16v some na frente...

Quem tem 16v e acha fraco na cidade, basta colocar um cambio mais curto que vieram nos 8v (F18cr ou F23).

Abs!


Só tenho a concordar! Falou tudo que eu queria falar também, tanto é que nem tenho o que complementar na fala dele kkkkk

Enfim, meus relatos e opiniões são esses


Tales. Essa parte, realmente é questao de gosto, entao fica mais simples mesmo rsrsrs.

Agora, posso torturar voce um pouco kkk?
Em uma cidade vizinha a minha, tem um cara que eu ainda nao conheci pessoalmente. Mas ele tem anuncio de varios Vectras. E um desse q vc falou, COM TETO! Mas sou leigo ainda, nao tenho conhecimento pra dizer se o teto é de fabrica mesmo. Mas o pior nao e isso. É o preço! Que é um pouco alto rsrsr


http://m.bomnegocio.com/anuncio?ad_id=31565474

Avatar do usuário
Alessandrocbcf
GL Member
GL Member
Mensagens: 109
Registrado em: 15 Abr 2013, 13:06
Nome Completo: Alessandro Cunha Bessone da Cruz Ferreira
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: Rio de Janeiro
Veículo: Vectra GLS/Expres.2.2/ 2.0 e 2.0 CD 8V
Fabricação/Modelo: 1995/1995

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por Alessandrocbcf » 23 Abr 2014, 07:56

Curvas de torque e potencia do Vectra 2.2 8V (em azul)

Imagem

Curva de torque do Vectra 2.2 16V (em azul)

Imagem

Curva de potencia do Vectra 2.2 16V (em azul)

Imagem

Talvez isso te ajude a visualizar tudo o que vinhamos falando...

Avatar do usuário
WolneyJr
Member
Member
Mensagens: 45
Registrado em: 17 Abr 2014, 12:56
Nome Completo: Wolney Jardim da Silva Junior
Cidade: Palhoça
Estado: Santa Catarina
Veículo: Vectra Expression 2.0 MPFI 8V
Fabricação/Modelo: 2000/2000

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por WolneyJr » 23 Abr 2014, 12:06

Alessandrocbcf escreveu:Curvas de torque e potencia do Vectra 2.2 8V (em azul)

Imagem

Curva de torque do Vectra 2.2 16V (em azul)

Imagem

Curva de potencia do Vectra 2.2 16V (em azul)

Imagem

Talvez isso te ajude a visualizar tudo o que vinhamos falando...


Poxa. Show eihn Alessandro!!!

Avatar do usuário
Alcir Andreoni
CHALLENGE Member
CHALLENGE Member
Mensagens: 7044
Registrado em: 14 Mai 2013, 11:29
Nome Completo: Alcir José Secco Andreoni
Cidade: São Paulo
Estado: São Paulo
Veículo: Não Disponível - informe a Equipe CDV
Fabricação/Modelo: 2009/2009

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por Alcir Andreoni » 23 Abr 2014, 13:32

rgapski escreveu:Cuidado ao afirmar categoricamente uma coisa, pois em uma dessa, você pode induzir algum colega do clube à erro na hora da manutenção.
Quando afirmamos alguma coisa, temos que ter absoluta certeza.

Os tensores e rolamentos de apoio se trocam sempre que se realizar a manutenção da correia.
Não trocá-los é a mesma coisa que tomar banho e usar cueca suja.

Abs!

Matou a pau Rapha... :88:
Imagem

Isso deixa marcas profundas!

Almeidão
Consultor Técnico
Consultor Técnico
Mensagens: 5521
Registrado em: 06 Abr 2013, 16:50
Nome Completo: Paulo de Almeida
Cidade: Cachoeiro de Itapemirim
Estado: Espirito Santo
Veículo: Vectra GL 2.0 MPFI
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por Almeidão » 23 Abr 2014, 14:50

Sobre as trocas dos esticadores e bomba dágua o Zau não está errado, e pode sim ser trocado pra frente com um ruido diferente e eu faço isto no meu carro, ou seja troco a correia dentada e não troco esticador e nem bomba d'agua.

Há um porem, qualquer ruído diferente eu sei de onde vem e o que devo fazer. Já um outro proprietário dificilmente dará bola para qualquer barulho se o carro está andando e muitos nem ouve este barulho devido ao famodo DVD que foi comprado e não deve ficar parado.

Não podemops esquecer que rolamento quando começa a zunir pode estradar de uma hora para outra e temos ai o rolamento do esticador e o da bomba e para prevenir é melhor trocar Bomba d'água e esticador sempre que trocar a correia dentada.

Tem gente que nem ouve ou sente o barulho das rodas do carro frouxas e seguem viagem até que ela sai por completo e é algo impossivel de não sentir ou ouvir quando freia e quando sai com o carro.
Imagem

rgapski
Moderador Sênior
Moderador Sênior
Mensagens: 1698
Registrado em: 10 Abr 2013, 16:01
Nome Completo: Raphael Pedreira Gapski
Cidade: Mauá
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 1997/1998

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por rgapski » 23 Abr 2014, 15:12

Almeidão escreveu:Sobre as trocas dos esticadores e bomba dágua o Zau não está errado, e pode sim ser trocado pra frente com um ruido diferente e eu faço isto no meu carro, ou seja troco a correia dentada e não troco esticador e nem bomba d'agua.

Há um porem, qualquer ruído diferente eu sei de onde vem e o que devo fazer. Já um outro proprietário dificilmente dará bola para qualquer barulho se o carro está andando e muitos nem ouve este barulho devido ao famodo DVD que foi comprado e não deve ficar parado.

Não podemops esquecer que rolamento quando começa a zunir pode estradar de uma hora para outra e temos ai o rolamento do esticador e o da bomba e para prevenir é melhor trocar Bomba d'água e esticador sempre que trocar a correia dentada.

Tem gente que nem ouve ou sente o barulho das rodas do carro frouxas e seguem viagem até que ela sai por completo e é algo impossivel de não sentir ou ouvir quando freia e quando sai com o carro.


Almeidão,

E no meu caso em que os rolamentos de apoio não faziam nenhum barulho, mas quando retirei do carro estavam com uma folga considerável?!
É um risco grande de travar, embora não faça barulho, não acha?
Eu fiquei com receio e troquei, afinal, preferi gastar 140 de rolamento do que 1000 na hipótese de arrebentar a correia.

Acho que foi o Ricardo Pinto que teve problema com um rolamento desse, que embora não fizesse barulho, acabou causando um belo prejú...

Abs!
Raphael - Mauá-SP - Desvectrado.


Garagens:
11' Fiat Punto Essence 1.6 16v
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=71&t=8905
01' Chevrolet Vectra Challenge.
http://clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=70&t=184
Imagem

serginho_vectra A
ELEGANCE member
ELEGANCE member
Mensagens: 1695
Registrado em: 09 Abr 2013, 18:53
Nome Completo: sergio augusto domingues rodrigues
Cidade: sao paulo
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra CD 2.0 (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por serginho_vectra A » 23 Abr 2014, 15:50

rgapski escreveu:
Almeidão escreveu:Sobre as trocas dos esticadores e bomba dágua o Zau não está errado, e pode sim ser trocado pra frente com um ruido diferente e eu faço isto no meu carro, ou seja troco a correia dentada e não troco esticador e nem bomba d'agua.

Há um porem, qualquer ruído diferente eu sei de onde vem e o que devo fazer. Já um outro proprietário dificilmente dará bola para qualquer barulho se o carro está andando e muitos nem ouve este barulho devido ao famodo DVD que foi comprado e não deve ficar parado.

Não podemops esquecer que rolamento quando começa a zunir pode estradar de uma hora para outra e temos ai o rolamento do esticador e o da bomba e para prevenir é melhor trocar Bomba d'água e esticador sempre que trocar a correia dentada.

Tem gente que nem ouve ou sente o barulho das rodas do carro frouxas e seguem viagem até que ela sai por completo e é algo impossivel de não sentir ou ouvir quando freia e quando sai com o carro.




E no meu caso em que os rolamentos de apoio não faziam nenhum barulho, mas quando retirei do carro estavam com uma folga considerável?!
É um risco grande de travar, embora não faça barulho, não acha?
Eu fiquei com receio e troquei, afinal, preferi gastar 140 de rolamento do que 1000 na hipótese de arrebentar a correia.

Acho que foi o Ricardo Pinto que teve problema com um rolamento desse, que embora não fizesse barulho, acabou causando um belo prejú...

Abs!


sempre bom saber disso se um dia tiver um 16v vou me atentar
Vectra A GLS 1995 azul cezanne 2.0 m.p.f.i

Imagem

Imagem

Avatar do usuário
Diego Perroni
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 249
Registrado em: 07 Mai 2013, 11:40
Nome Completo: Diego Perroni
Cidade: Americana
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra Elite 2.2 MPFI 16V Aut.
Fabricação/Modelo: 2001/2002

Re: Motor 2.0 8V - 2.0 16V - 2.2 8V - 2.2 16V

por Diego Perroni » 23 Abr 2014, 17:18

Olá!

Um motor 2.2 ou 2.0 16V não deve nada em trechos urbanos, principalmente esses GM.
Estou há 2 anos com o meu 2.2 16V que é Automatico e vou ao trabalho com ele todos os dias. É um trecho urbano bacana. O transito flui bem, mas tenho pares a fazer, lombadas consideraveis e bons semaforos.

Minhas considerações finais são que independente de usar o veiculo mais em cidade, eu acho que o motor 16V atende e muito bem. O consumo é um pouco maior, mas voce tem um motor mais elastico e que pode lhe ser util em futuras viagens.
Diego Perroni
Vectra Elite 2.2 16V Automatic - Cinza Trinidad (2005)
http://www.clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=70&t=703

"Em nome do vento, Parabéns!"

91 mensagens

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 38 visitantes

Regras do fórum

Regras do fórum
ATENÇÃO:
Lembre-se de utilizar as Tag's [VECTRA A], [VECTRA B], [VECTRA C] ou [GERAL] para criar seu tópico de dúvida.
Bem-vindo: 24 Ago 2019, 17:08