Amigo Vectreiro,
Participe do nosso grupo OFICIAL no Whatsapp.
Clique e participe ~> Imagem
~ Fique atento as Regras ~

Faça você mesmo / TutoriaisTrocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to
Tutoriais passo-a-passo para realização de serviços diversos no Vectra.

34 mensagens
  • 1
  • 2
Almeidão
Consultor Técnico
Consultor Técnico
Mensagens: 5539
Registrado em: 06 Abr 2013, 16:50
Nome Completo: Paulo de Almeida
Cidade: Cachoeiro de Itapemirim
Estado: Espirito Santo
Veículo: Vectra GL 2.0 MPFI
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Re: Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 ho

por Almeidão » 05 Out 2014, 21:23

Thiago Menezes escreveu:Então pelo o que eu entendi, com freio a disco na traseira tem que regular na roda certo? Bom que eu já vou com essa informação para o mecânico não dar uma de bobo e falar que é só ajustar na alavanca.

Uma pergunta Almeidão: Porque quando paro o carro de ré ele não volta? Ele tipo que é posicionado sobre algo que o trava daí logo em seguida eu jogo no P para desligar o carro?

Na descida de frente já era não para nem a pau!


Thiago com certeza que o freio de mão por está na roda traseira tem mais segurança de ré que para frente, mas mesmo assim ele deve segurar estando ao contrário e pode ser reulagem errada, tipo na alavanca. Para acertar isto, voce deve soltar os parafusos da alavanca, regular as rodas e depois regular a alavanca. Feito isto, não mexa mais na alavanca a não ser se for trocar o cabo.

Isto serve para todos, sendo disco traseiro e precisar trocar o cabo. Antes de apertar ele na alavanca, regular primeiro as rodas, estando tudo regulado ai sim apertar e regular na alavanca. Feito isto só mexer na alavanca se quebrar o cabo, ou seja, mexe uma vez só e depois sempre regular nas rodas.
Na verdade ao regular nas rodas a alavanca das rodas voltam porque ao regular a lona as lonas empurram esta alavanca para trás e vai baixar automaticamente a alavanca de freio que hora puxamos as vezes e lógico vai frear outra vez e assim que gastar, deve ser regulado outra vez e sempre que regular a lona empurra a alavanca da roda outra vez para o ponto inicial e claro a alavanca la da mão volta outra vez e assim deve ser feito sempre que for necessário.

Se olhar bem o sistema, quem regula na alavanca sem regular na roda, verão que estarão levando a alavanca la da roda para frente e não mais terão espaço para puxar esta alavanca na roda porque a cada vez mais estará para frente e não tem como voltar ao ponto de partida porque o cabo não deixa. Seria como a cada pisada de freio, o pedal ficasse cada vez mais baixo, chegaria um momento que ele estará lá no fim e não tinha como pisar mais.

Não sei se conseguem entender, mas é mecanica pura e é exatamente isto que não tenho visto nos mecanicos.

Sobre o código que o nosso amigo perguntou, não há como errar, basta comprar este reparo para freios traseiros ATE do Vectra ou omega que são o mesmo e isto é igual para os pistões. De qualquer forma olharei este código ou tentarei ver e rescrever aqui.
Imagem

Avatar do usuário
Thiago Menezes
CHALLENGE Member
CHALLENGE Member
Mensagens: 10633
Registrado em: 18 Out 2013, 10:12
Nome Completo: Thiago Menezes da Silva
Cidade: Volta Redonda
Estado: Rio de Janeiro
Veículo: Vectra Elite 2.4 MPFI 16V FlexPower Aut.
Fabricação/Modelo: 2002/2003

Re: Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 ho

por Thiago Menezes » 05 Out 2014, 23:44

Almeidão escreveu:
Thiago Menezes escreveu:Então pelo o que eu entendi, com freio a disco na traseira tem que regular na roda certo? Bom que eu já vou com essa informação para o mecânico não dar uma de bobo e falar que é só ajustar na alavanca.

Uma pergunta Almeidão: Porque quando paro o carro de ré ele não volta? Ele tipo que é posicionado sobre algo que o trava daí logo em seguida eu jogo no P para desligar o carro?

Na descida de frente já era não para nem a pau!


Thiago com certeza que o freio de mão por está na roda traseira tem mais segurança de ré que para frente, mas mesmo assim ele deve segurar estando ao contrário e pode ser reulagem errada, tipo na alavanca. Para acertar isto, voce deve soltar os parafusos da alavanca, regular as rodas e depois regular a alavanca. Feito isto, não mexa mais na alavanca a não ser se for trocar o cabo.

Isto serve para todos, sendo disco traseiro e precisar trocar o cabo. Antes de apertar ele na alavanca, regular primeiro as rodas, estando tudo regulado ai sim apertar e regular na alavanca. Feito isto só mexer na alavanca se quebrar o cabo, ou seja, mexe uma vez só e depois sempre regular nas rodas.
Na verdade ao regular nas rodas a alavanca das rodas voltam porque ao regular a lona as lonas empurram esta alavanca para trás e vai baixar automaticamente a alavanca de freio que hora puxamos as vezes e lógico vai frear outra vez e assim que gastar, deve ser regulado outra vez e sempre que regular a lona empurra a alavanca da roda outra vez para o ponto inicial e claro a alavanca la da mão volta outra vez e assim deve ser feito sempre que for necessário.

Se olhar bem o sistema, quem regula na alavanca sem regular na roda, verão que estarão levando a alavanca la da roda para frente e não mais terão espaço para puxar esta alavanca na roda porque a cada vez mais estará para frente e não tem como voltar ao ponto de partida porque o cabo não deixa. Seria como a cada pisada de freio, o pedal ficasse cada vez mais baixo, chegaria um momento que ele estará lá no fim e não tinha como pisar mais.

Não sei se conseguem entender, mas é mecanica pura e é exatamente isto que não tenho visto nos mecanicos.

Sobre o código que o nosso amigo perguntou, não há como errar, basta comprar este reparo para freios traseiros ATE do Vectra ou omega que são o mesmo e isto é igual para os pistões. De qualquer forma olharei este código ou tentarei ver e rescrever aqui.

O obrigado pelas informações

Enviado por Tapatalk através do Sony Xperia ST21i2
Imagem
VECTRA ELITE 2.4 16V AUT. 150 CV (KIT GNV INJETADO)

Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100003662776216

Garagem: viewtopic.php?f=70&t=2746

Imagem

kauansouza
GL Member
GL Member
Mensagens: 144
Registrado em: 02 Fev 2015, 20:20
Nome Completo: kauan de Souza Alexandre
Cidade: florianopolis
Estado: Santa Catarina
Veículo: Vectra CD 2.2 16V Aut.
Fabricação/Modelo: 1996/1997

Re: Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 ho

por kauansouza » 09 Mai 2015, 21:14

Almeidão escreveu:Pessoal, segue aqui um how to que pode ser de muita utilidade. Na verdade é um how to triplo:

1)Trocar lona freio de mão vectra com freio a disco
2)Trocar o disco de freio traseiro
3)Trocar rolamento roda traseira vectra


Ferramentas necessárias:
Um bom macaco:
uma preguiça (cavalete);
chave de roda;
chave flip;
chave de fenda comprida e fina, pelo menos 35 cm;
chave 10 estria;
chave 19 estria;
chave 10 especial para cano de freio;
chave 7 para sangria;
Alicate bico fino;
martelo;
dois alongadores;
cabo de força;
chave de caixa estria 16;
uma junta universal (para parafusar em curvas).

Imagem

Passo a passo:

01 – Sem o pneu e com o disco a ser tirado.
Imagem


02 – Soltar este parafuso flip, as vezes eles agarram e é preciso sair com pancadas, tipo um punção batendo em um lado até sair, o correto é ter uma chave de impacto. Ao recolocar não aperte muito, só encostar e já fica bom, afinal ele só serve para manter o disco com os furos casando com os da roda que estão no cubo com rolamento.
Imagem


03 – Solte esta peça que prende a pastilha, basta colocar uma pino de metal mais fino que o orifício dele, até um prego mais grosso ali dará certo e bater com o martelo que ele sai do outro lado, tire o debaixo primeiro.
Imagem

04 – Aperte neste local para sair mais fácil e depois é só tirar esta peça que prende as pastilhas e tirar o outro pino.
Imagem

05 – Com a trava da pastilha na mão, se ela estiver folgada você viu na hora de tirar o pino porque não teve pressão, então você põe pressão nela abrindo um pouco a cruz, peça que encosta na parte de trás da pastilha e para completar coloque ela um pouco mais reta, basta segurar ela como na foto e apertar com os dedos, isto deve ser feito e testando no local. Depois de colocar o primeiro pino, a trava deve ser colocada e ao recolocar o segundo pino ele tem que entrar com a trava pressionando-o e lógico você com uma chave pressiona a trava para o pino passar. Depois de colocado, observar se realmente ela está com pressão ao contrário, caso não esteja, volte a regular para não ouvir ruídos.
Imagem

06 –Ainda com a pinça apertada, coloque a chave especial para cano de freio, 10mm e afrouxe o cano e volte a apertar só encostando, assim facilitará a retirada dele com a pinça solta.
Imagem

07 – Você já pode tirar as pastilhas puxando as para trás, caso elas estejam agarradas, volte um pouco os pistões. Afrouxe a sangria, coloque uma chave de fendas atrás da pastilha, e tenha a certeza que ela esteja entre a pastilha eo pistão parte de ferro, não em cima do guarda pó que é borracha. Faça agora com a chave de fendas uma alavanca forçando para os lados, assim o pistão volta e a pastilha sai, como são 2 pistões, então faça igual dos dois lados e volte apertar a sangria. Nestes reapertos nunca aperte muito, somente quando for finalizar, agora é só encostando os parafusos, pode ser com a mão mesmo.
Imagem

08 – Solte os dois parafusos atrás da pinça, chave 19 de estria. Pode ser que outros modelos tenham outro parafuso, o meu é 19 e este da parte de baixo a 19 estria só pega nele para afrouxar e apertar, então é preciso uma de boca para retirar por completo e quando voltar a colocar. Isto porque o eixo tem uma saliência bem ali e a chave de estria em determinado espaço deste parafuso, não entra e nem sai. Porém o aperto final deve ser dado com ela.
Imagem

09 – Afastar a pinça, faça uma força leve para não dobrar o cano de freio que nela está. Aliás nunca dobre um cano de freio, ele aguenta umas viradinhas, mas dobrar de verdade nunca.
Imagem

10 – Solte esta tampa no console e libere a alavanca do freio de mão.
Imagem

11 – Solte 3 a 4 voltas deste parafuso.
Imagem

12 – Solte o regulador de freio de mão que está na roda, é tipo uma estrelinha e com uma chave de fendas você solta ele, não coloquei para que lado apertar ou soltar, porque esta opção pode ser inválida, já que este regulador eu posso colocar ele virado ao contrário que funcionará, então teste com a chave apertando a estrela sentido horário, se não folgar, vá para o anti horário. Esta estrela é fácil de ser localizada olhando com uma lanterna este buraco e na parte superior.
Ela está visivel na foto 14
Imagem

13 – Bata na parte frontal com um martelo, vá batendo e girando o disco e você verá quando ele solta e dá um pulinho pra fora. Daí é só puxar e tirar.
Imagem

14 – Sem o disco e a estrelinha de regulagem.
Imagem

15 – Dica para soltar e colocar esta mola na parte inferior. Uma chave de fendas no mínimo com 30 cm e com a ponta mais fina possível. O correto seria passar a ponta dela no esmeril deixando a como um ponção, esta eu coloquei com ela, mas dá um trabalhinho e o próprio eixo nos dá espaço para alavanca.
Imagem

16 – tirar o regulador, e fechar ele todo. Deixando ele todo parafusado e encolhido, ai que percebi que posso colocar ele em qualquer posição ou para trás ou para frente, sei que existe uma regra de fábrica, porem nunca sabemos se foi mexido e recolocado invertido, então melhor testar ao afrouxar.
Imagem

17 – Puxe a lona de lado, ou seja lado direito para direita e ficará mais fácil para tirar a trava da mola. Esta trava, acho que todos que mexem com freio sabe como tirar, basta um alicate de bico, colocar ele dentro desta mola, segurar o pino, empurrar e girar. Caso isto não funcione, colocar o alicate, segure o pino, empurre e com a outra mão girar a mola com o prendedor que ela sairá. Para recolocar fazer o mesmo ao contrário. É chato, mais não é ainda o pior serviço em um Vectra. Não esqueçam que ao trocarem os dois lados, somente regular o freio de mão quando estiverem as duas trocadas.
Imagem

18 – outra foto da mola com a trava para que todos entendam como esta trava funciona.
Imagem

19 – Lonas na mão.
Imagem
20 – local sem lonas, Estes pinos que segura as molas são totalmente soltos para os lados, só ficando fixo com a mola no local. Não se assustem ao ver eles balançando quando sem mola.
Imagem

21 – Dando continuidade ao trabalho, vamos tirar os pistões da pinça. Coloque um calço entre os dois pistões, este calço no inicio deve ser igual as duas pastilhas + o disco e peça alguém para pisar no freio até os dois pistões encostarem na peça. Depois coloque uma peça um pouco mais fina e pisa outra vez e vai assim até sair os pistões. Estas peças ou calços podem ser de madeira. Caso um fique um pouquinho agarrado, não bata nele, simplesmente balance o com calma e ele sairá.
Imagem

22 – Aqui eles já quasem sairom, lembro que no meu caso eles não estão agarrados porque faço manutenção preventiva, se tiverem agarrados não muda muito, mas será mais difícil.
Imagem

23 – Aqui já soltei aquele parafuso do cano de freio que eu já tinha afrouxado antes e assim não precisei fazer muita força. Pequei uma tampa que tampa os parafusos de sangria e coloquei na saída do cano para não perder óleo de freio.
Imagem

24 – Assim são os reparos da pinça traseira, 2 retentores, um para cada pistão e dois anéis, um para cada cilindro.
Imagem

25 – ai um lado da pinça sem o anel de vedação que eu já tirei e é fácil, com qualquer coisa de ponta tipo chave de fenda, faca e já estará fora.
Imagem

26 –o Pistão, passei graxa, mas não esta quantidade, depois limpei e deixei somente no gargalo onde ficará o retentor. Não usem graxa ai ou se usar use esta graxa branca que não agride muito a borracha.
Imagem

27 – Pinça com o anel de vedação, ao colocar este anel, não passar nada nele e a pista onde ele fica deve estar totalmente limpa. Dá a impressão que ele não cabe, parecendo ser maior que o local, mas dá sim.
Imagem

28 – Colocar os pistões. Passe vaselina neles, coloque o retentor, observe que eles tem um rebaixo, este rebaixo fica virado para trás e é importante que sejam assim para facilitar o retorno dos mesmos ao trocar as pastilhas no futuro. Coloque ele na pinça com cuidado e bem no prumo para ele entrar corretamente e empurre o que puder com as mãos e depois complemente com uma alavanca tipo um cabo de força deitado em cima do pistão entre este vão que tem um do outro e com a pinça no chão pressionar com as duas mãos, uma em cada lado até ele recolher todo. Ou colocar a pinça no local e usar uma chave de fendas como alavanca, mas para isto use algo para proteger o disco, não deixando a chave de fendas encostar nele.
Imagem
29 – Pinça montada.
Imagem

30 –LONAS MONTADAS
Imagem

31 – DISCO E PINÇA MONTADAS. Antes de colocar a pinça no local, coloque o cano de freio nela e nunca, nunca mesmo comece colocar esta porca do cano de freio com uma chave, sempre comecem com as mãos e estando na posição correta entra fácil, e com a pinça nas mãos para movimentar la escolhendo a melhor posição fica ainda mais fácil. Só depois de ter a certeza que foi enroscado umas voltas ai sim usar a chave. Esta regra, serve para qualquer parafuso, porem este em primeiro plano. Depois de colocar as pastilhas, complete o reservatório de óleo e abra a sangria até o óleo chegar por elevação, assim que chegar, feche a e pise no freio até encostarem as pastilhas no disto e pode sangrar.
Imagem

32 – Trocar os rolamentos traseiros. Depois que os discos estiverem desmontados, basta soltar estas 4 porcas por trás da roda e o rolamento estará solto. Eu uso para isto dois alongadores e chave 16 de Estria + cabo de força + chave catraca + junta universal (parafusa em curva) para soltar os dois da frente. Lembro que as chaves de estrias são melhores para manusear que as sextavadas, isto porque ao tirar uma sextavada do parafuso e colocar na próxima posição o giro é maior e para quem precisa de espaço não pode dar este luxo.
Imagem

33 – Do lado de fora sem o rolamento. Esta peça que segura a pinça está solta, simplesmente pendurada e presa somente no cabo de aço do freio de mão e o que prende ela nada mais é que os parafusos da ponta do eixo, ou seja dos rolamento. Achei muito fácil fazer isto.
Imagem

34 – Peça ao contrário para terem uma ideia como ela é.
Imagem

Isto é tudo e por favor, não entrem embaixo de carro sem segurança. Eu mesmo tendo a preguiça (cavalete) que estava com o carro arriado nela, ainda deixei o macaco de reserva e ainda tinha um amigo comigo somente assistindo e óbvio se acontecesse algo, ele poderia me ajudar. Não confie em macaco, nem nos bons. Digo isto, porque os que vem nos carros é uma piada.

Uma observação aqui é que o sistema do disco traseiro do Vectra C é igual ao B, só muda o local. O Vectra B a alavanquinha é embaixo e o C é em cima. Identico, porem local diferente, aliás acertei um aqui dias passados



Sds

No meu caso quero só trocar as pastilhas, preciso tirar a pinça? Só como fasso pra voltar os pistões?

Almeidão
Consultor Técnico
Consultor Técnico
Mensagens: 5539
Registrado em: 06 Abr 2013, 16:50
Nome Completo: Paulo de Almeida
Cidade: Cachoeiro de Itapemirim
Estado: Espirito Santo
Veículo: Vectra GL 2.0 MPFI
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Re: Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 ho

por Almeidão » 28 Mai 2015, 14:05

Chequei um pouquinho tarde na sua pergunta amigo. Mas é assim. Os dois pistões tem uma cavidade para colocar uma alavanca, neste caso uma chave de fendas, bem isto se o seu carro foi montado certo. Aliás todos os pistões são assim, até mesmo os da frente. Observem que onde ele encosta na pastilha ele não encosta todo, porque ele tem esta cavidade.

Voltar ele: Solte a sangria, coloque a chave de fendas ali e volte eles alavancando os, troque as pastilhas e depois faz uma nova sangria.
Imagem

sandro borba
GL Member
GL Member
Mensagens: 58
Registrado em: 06 Abr 2013, 14:04
Nome Completo: sandro de borba
Cidade: joinville
Estado: Santa Catarina
Veículo: Vectra GLS/Expres.2.2/ 2.0 e 2.0 CD 8V
Fabricação/Modelo: 1994/1995

Re: Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 ho

por sandro borba » 26 Set 2015, 18:53

Umas duvidas, troquei os discos traseiros, sapatas e pastilhas, do meu vectra, mas cada pinça esta com um lado delas travado, só volta na marreta, como concerto isso, ela não sai pra fora, só retornei ela para poder montar e andar com o carro, outra duvida os disco ficam justos com a sapata nova, tipo a roda fica pesada quando troca a sapata, mesmo com a regulagem zerada, o meu ficou pesado e esta esquentando um pouco, a roda não fica solta, alguem pode dar uma luz ai.... :9:

Avatar do usuário
Mantenedor
Consultor Técnico
Consultor Técnico
Mensagens: 1112
Registrado em: 16 Set 2014, 21:34
Nome Completo: Moisés M. Nascimento
Cidade: São Paulo
Estado: São Paulo
País: Brasil
Veículo: Vectra CD 2.0 16V Mec.
Fabricação/Modelo: 1996/1997

Re: Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 ho

por Mantenedor » 03 Out 2015, 05:19

Mas este Almeidão é uma verdadeira enciclopédia de conhecimentos ! Me lembra quando no SENAI tínhamos dificuldades em algumas tarefas e tínhamos que recorrer ao cassilas .
Imagem
Grande Almeidão , Parabéns mais uma vez fazendo a diferença....

Mantenedor/VCD/2.0/16VT.
Mantenedor/VCD/2.0/16VT.
Imagem

Imagem

douglasbatista
Member
Member
Mensagens: 2
Registrado em: 26 Fev 2016, 09:42
Nome Completo: douglas batista
Cidade: indaiatuba
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra GL 2.2 Milenium
Fabricação/Modelo: 1996/1997

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por douglasbatista » 08 Jan 2017, 16:26

É aí galera blz .. então já procurei em vários tópicos e não achei .. gostaria de saber qual o modelo do disco traseiro 4 furos pra colocar no vectra .. achei um de 270 m.m mas é diferente do original 5 furos .. se alguém poder me ajudar agradeço .. valew

Avatar do usuário
Leonardo Vale
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 437
Registrado em: 25 Jun 2014, 19:11
Nome Completo: Leonardo Vale dos Santos Ferreira
Cidade: Candeias
Estado: Bahia
Veículo: Vectra CD 2.2 16V Mec.
Fabricação/Modelo: 1997/1997

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por Leonardo Vale » 08 Jan 2017, 16:33

Boa dica vou guardar na minha enciclopédia kk

Enviado de meu SM-G530H usando Tapatalk
Técnico em Manutenção Automotiva

Alexandre Azevedo
Member
Member
Mensagens: 2
Registrado em: 28 Mar 2017, 16:25
Nome Completo: Alexandre Rocha de Azevedo
Cidade: Brasília
Estado: Distrito Federal
Veículo: Não Disponível - informe a Equipe CDV
Fabricação/Modelo: 2007/2008

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por Alexandre Azevedo » 30 Abr 2017, 20:16

Show de Bola. Muito bom mesmo, com simplicidade e rapidez.
Parabéns!

Avatar do usuário
alexandrev1
Member
Member
Mensagens: 37
Registrado em: 02 Mai 2015, 00:03
Nome Completo: ALEXANDRE V PEREIRA
Cidade: sao romao
Estado: Minas Gerais
País: Brasil
Veículo: Vectra Elegan. 2.0 MPFI 8V FlexPower Mec.
Fabricação/Modelo: 2010/2011

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por alexandrev1 » 07 Jun 2017, 13:54

Boa tarde, possuo Vectra Elegance 2.0 2011/2011 (esse da foto), ABS nas quatro rodas...sendo que nas rodas traseiras são freios a disco e a tambor...Meu freio de mão não esta mais segurando o carro. Gostaria de saber qual o modelo correto das sapatas para que eu possa comprar junto ao Mercado Livre.

luizhbh
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 488
Registrado em: 02 Jul 2013, 22:59
Nome Completo: Luiz
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Minas Gerais
Veículo: Vectra CD 2.2 16V Mec.
Fabricação/Modelo: 1995/1995

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por luizhbh » 15 Jun 2017, 23:25

alexandrev1 escreveu:Fuente del Mensaje Boa tarde, possuo Vectra Elegance 2.0 2011/2011 (esse da foto), ABS nas quatro rodas...sendo que nas rodas traseiras são freios a disco e a tambor...Meu freio de mão não esta mais segurando o carro. Gostaria de saber qual o modelo correto das sapatas para que eu possa comprar junto ao Mercado Livre.



De com a GM, os codigos pra ela sao:

93.290.294 intercambiavel c/ 93.389.683

O estranho é que o ultimo codigo aparece como sendo do Corsa no Mercado Livre... mas a do Corsa com ou sem ABS no catalogo GM tem outro número e até onde sei a sapata do corsa é bem maior que a do freio de mao do vectra, pois é usada como freio mesmo...

Se quer uma coisa bem feita, tente ligar pra Accioly ou pra concessionaria de Paracatu ou de Unaí e confere esses dois códigos com o pessoal, nem que seja pra comprar em outro lugar depois...
Imagem

magog_vectra
Member
Member
Mensagens: 5
Registrado em: 09 Jun 2017, 14:37
Nome Completo: Guilherme Teixeira
Cidade: Xanxerê
Estado: Santa Catarina
Veículo: Vectra GLS/Expres.2.2/ 2.0 e 2.0 CD 8V
Fabricação/Modelo: 1994/1995

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por magog_vectra » 08 Jul 2017, 13:18

Já eu queria saber como troca o cabo do freio de mão, aquele curto da frente.

Guilherme Gazeto
Member
Member
Mensagens: 2
Registrado em: 05 Jan 2019, 19:41
Nome Completo: Guilherme Augusto Sant' Ana Seabra Cantão Gazeto
Cidade: Congonhas
Estado: Minas Gerais
País: Brasil
Veículo: Vectra Challenge 2.2 MPFI 16V
Fabricação/Modelo: 2001/2001
Idade: 25

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por Guilherme Gazeto » 07 Set 2019, 04:42

Almeidão escreveu:Fuente del Mensaje Pessoal, segue aqui um how to que pode ser de muita utilidade. Na verdade é um how to triplo:

1)Trocar lona freio de mão vectra com freio a disco
2)Trocar o disco de freio traseiro
3)Trocar rolamento roda traseira vectra


Ferramentas necessárias:
Um bom macaco:
uma preguiça (cavalete);
chave de roda;
chave flip;
chave de fenda comprida e fina, pelo menos 35 cm;
chave 10 estria;
chave 19 estria;
chave 10 especial para cano de freio;
chave 7 para sangria;
Alicate bico fino;
martelo;
dois alongadores;
cabo de força;
chave de caixa estria 16;
uma junta universal (para parafusar em curvas).

Imagem

Passo a passo:

01 – Sem o pneu e com o disco a ser tirado.
Imagem


02 – Soltar este parafuso flip, as vezes eles agarram e é preciso sair com pancadas, tipo um punção batendo em um lado até sair, o correto é ter uma chave de impacto. Ao recolocar não aperte muito, só encostar e já fica bom, afinal ele só serve para manter o disco com os furos casando com os da roda que estão no cubo com rolamento.
Imagem


03 – Solte esta peça que prende a pastilha, basta colocar uma pino de metal mais fino que o orifício dele, até um prego mais grosso ali dará certo e bater com o martelo que ele sai do outro lado, tire o debaixo primeiro.
Imagem

04 – Aperte neste local para sair mais fácil e depois é só tirar esta peça que prende as pastilhas e tirar o outro pino.
Imagem

05 – Com a trava da pastilha na mão, se ela estiver folgada você viu na hora de tirar o pino porque não teve pressão, então você põe pressão nela abrindo um pouco a cruz, peça que encosta na parte de trás da pastilha e para completar coloque ela um pouco mais reta, basta segurar ela como na foto e apertar com os dedos, isto deve ser feito e testando no local. Depois de colocar o primeiro pino, a trava deve ser colocada e ao recolocar o segundo pino ele tem que entrar com a trava pressionando-o e lógico você com uma chave pressiona a trava para o pino passar. Depois de colocado, observar se realmente ela está com pressão ao contrário, caso não esteja, volte a regular para não ouvir ruídos.
Imagem

06 –Ainda com a pinça apertada, coloque a chave especial para cano de freio, 10mm e afrouxe o cano e volte a apertar só encostando, assim facilitará a retirada dele com a pinça solta.
Imagem

07 – Você já pode tirar as pastilhas puxando as para trás, caso elas estejam agarradas, volte um pouco os pistões. Afrouxe a sangria, coloque uma chave de fendas atrás da pastilha, e tenha a certeza que ela esteja entre a pastilha eo pistão parte de ferro, não em cima do guarda pó que é borracha. Faça agora com a chave de fendas uma alavanca forçando para os lados, assim o pistão volta e a pastilha sai, como são 2 pistões, então faça igual dos dois lados e volte apertar a sangria. Nestes reapertos nunca aperte muito, somente quando for finalizar, agora é só encostando os parafusos, pode ser com a mão mesmo.
Imagem

08 – Solte os dois parafusos atrás da pinça, chave 19 de estria. Pode ser que outros modelos tenham outro parafuso, o meu é 19 e este da parte de baixo a 19 estria só pega nele para afrouxar e apertar, então é preciso uma de boca para retirar por completo e quando voltar a colocar. Isto porque o eixo tem uma saliência bem ali e a chave de estria em determinado espaço deste parafuso, não entra e nem sai. Porém o aperto final deve ser dado com ela.
Imagem

09 – Afastar a pinça, faça uma força leve para não dobrar o cano de freio que nela está. Aliás nunca dobre um cano de freio, ele aguenta umas viradinhas, mas dobrar de verdade nunca.
Imagem

10 – Solte esta tampa no console e libere a alavanca do freio de mão.
Imagem

11 – Solte 3 a 4 voltas deste parafuso.
Imagem

12 – Solte o regulador de freio de mão que está na roda, é tipo uma estrelinha e com uma chave de fendas você solta ele, não coloquei para que lado apertar ou soltar, porque esta opção pode ser inválida, já que este regulador eu posso colocar ele virado ao contrário que funcionará, então teste com a chave apertando a estrela sentido horário, se não folgar, vá para o anti horário. Esta estrela é fácil de ser localizada olhando com uma lanterna este buraco e na parte superior.
Ela está visivel na foto 14
Imagem

13 – Bata na parte frontal com um martelo, vá batendo e girando o disco e você verá quando ele solta e dá um pulinho pra fora. Daí é só puxar e tirar.
Imagem

14 – Sem o disco e a estrelinha de regulagem.
Imagem

15 – Dica para soltar e colocar esta mola na parte inferior. Uma chave de fendas no mínimo com 30 cm e com a ponta mais fina possível. O correto seria passar a ponta dela no esmeril deixando a como um ponção, esta eu coloquei com ela, mas dá um trabalhinho e o próprio eixo nos dá espaço para alavanca.
Imagem

16 – tirar o regulador, e fechar ele todo. Deixando ele todo parafusado e encolhido, ai que percebi que posso colocar ele em qualquer posição ou para trás ou para frente, sei que existe uma regra de fábrica, porem nunca sabemos se foi mexido e recolocado invertido, então melhor testar ao afrouxar.
Imagem

17 – Puxe a lona de lado, ou seja lado direito para direita e ficará mais fácil para tirar a trava da mola. Esta trava, acho que todos que mexem com freio sabe como tirar, basta um alicate de bico, colocar ele dentro desta mola, segurar o pino, empurrar e girar. Caso isto não funcione, colocar o alicate, segure o pino, empurre e com a outra mão girar a mola com o prendedor que ela sairá. Para recolocar fazer o mesmo ao contrário. É chato, mais não é ainda o pior serviço em um Vectra. Não esqueçam que ao trocarem os dois lados, somente regular o freio de mão quando estiverem as duas trocadas.
Imagem

18 – outra foto da mola com a trava para que todos entendam como esta trava funciona.
Imagem

19 – Lonas na mão.
Imagem
20 – local sem lonas, Estes pinos que segura as molas são totalmente soltos para os lados, só ficando fixo com a mola no local. Não se assustem ao ver eles balançando quando sem mola.
Imagem

21 – Dando continuidade ao trabalho, vamos tirar os pistões da pinça. Coloque um calço entre os dois pistões, este calço no inicio deve ser igual as duas pastilhas + o disco e peça alguém para pisar no freio até os dois pistões encostarem na peça. Depois coloque uma peça um pouco mais fina e pisa outra vez e vai assim até sair os pistões. Estas peças ou calços podem ser de madeira. Caso um fique um pouquinho agarrado, não bata nele, simplesmente balance o com calma e ele sairá.
Imagem

22 – Aqui eles já quasem sairom, lembro que no meu caso eles não estão agarrados porque faço manutenção preventiva, se tiverem agarrados não muda muito, mas será mais difícil.
Imagem

23 – Aqui já soltei aquele parafuso do cano de freio que eu já tinha afrouxado antes e assim não precisei fazer muita força. Pequei uma tampa que tampa os parafusos de sangria e coloquei na saída do cano para não perder óleo de freio.
Imagem

24 – Assim são os reparos da pinça traseira, 2 retentores, um para cada pistão e dois anéis, um para cada cilindro.
Imagem

25 – ai um lado da pinça sem o anel de vedação que eu já tirei e é fácil, com qualquer coisa de ponta tipo chave de fenda, faca e já estará fora.
Imagem

26 –o Pistão, passei graxa, mas não esta quantidade, depois limpei e deixei somente no gargalo onde ficará o retentor. Não usem graxa ai ou se usar use esta graxa branca que não agride muito a borracha.
Imagem

27 – Pinça com o anel de vedação, ao colocar este anel, não passar nada nele e a pista onde ele fica deve estar totalmente limpa. Dá a impressão que ele não cabe, parecendo ser maior que o local, mas dá sim.
Imagem

28 – Colocar os pistões. Passe vaselina neles, coloque o retentor, observe que eles tem um rebaixo, este rebaixo fica virado para trás e é importante que sejam assim para facilitar o retorno dos mesmos ao trocar as pastilhas no futuro. Coloque ele na pinça com cuidado e bem no prumo para ele entrar corretamente e empurre o que puder com as mãos e depois complemente com uma alavanca tipo um cabo de força deitado em cima do pistão entre este vão que tem um do outro e com a pinça no chão pressionar com as duas mãos, uma em cada lado até ele recolher todo. Ou colocar a pinça no local e usar uma chave de fendas como alavanca, mas para isto use algo para proteger o disco, não deixando a chave de fendas encostar nele.
Imagem
29 – Pinça montada.
Imagem

30 –LONAS MONTADAS
Imagem

31 – DISCO E PINÇA MONTADAS. Antes de colocar a pinça no local, coloque o cano de freio nela e nunca, nunca mesmo comece colocar esta porca do cano de freio com uma chave, sempre comecem com as mãos e estando na posição correta entra fácil, e com a pinça nas mãos para movimentar la escolhendo a melhor posição fica ainda mais fácil. Só depois de ter a certeza que foi enroscado umas voltas ai sim usar a chave. Esta regra, serve para qualquer parafuso, porem este em primeiro plano. Depois de colocar as pastilhas, complete o reservatório de óleo e abra a sangria até o óleo chegar por elevação, assim que chegar, feche a e pise no freio até encostarem as pastilhas no disto e pode sangrar.
Imagem

32 – Trocar os rolamentos traseiros. Depois que os discos estiverem desmontados, basta soltar estas 4 porcas por trás da roda e o rolamento estará solto. Eu uso para isto dois alongadores e chave 16 de Estria + cabo de força + chave catraca + junta universal (parafusa em curva) para soltar os dois da frente. Lembro que as chaves de estrias são melhores para manusear que as sextavadas, isto porque ao tirar uma sextavada do parafuso e colocar na próxima posição o giro é maior e para quem precisa de espaço não pode dar este luxo.
Imagem

33 – Do lado de fora sem o rolamento. Esta peça que segura a pinça está solta, simplesmente pendurada e presa somente no cabo de aço do freio de mão e o que prende ela nada mais é que os parafusos da ponta do eixo, ou seja dos rolamento. Achei muito fácil fazer isto.
Imagem

34 – Peça ao contrário para terem uma ideia como ela é.
Imagem

Isto é tudo e por favor, não entrem embaixo de carro sem segurança. Eu mesmo tendo a preguiça (cavalete) que estava com o carro arriado nela, ainda deixei o macaco de reserva e ainda tinha um amigo comigo somente assistindo e óbvio se acontecesse algo, ele poderia me ajudar. Não confie em macaco, nem nos bons. Digo isto, porque os que vem nos carros é uma piada.

Uma observação aqui é que o sistema do disco traseiro do Vectra C é igual ao B, só muda o local. O Vectra B a alavanquinha é embaixo e o C é em cima. Identico, porem local diferente, aliás acertei um aqui dias passados



Sds

Olá, como vai? hoje fiz a troca de pastilha e disco de freio traseiro do Vectra B 2001/ 2.2 16v 5 furos, fiz toda a montagens e coloquei todas as peças devidas em seus lugares, até porque não há possibilidade de se montar errado ou trocar peças, no final da montagem a pinça parece que ficou pegando no disco, já medi o disco antigo com o novo para ver se tem um medida diferente, mas ambos tem 8mm e pra trocar a pastilha não retirei a pinça do lugar, pois eu tinha que trocar o disco, não pude fazer a sangria pois estava sozinho e não tinha ninguém para pisar no pedal, minha dúvida é, se eu fizer a sangria o pistão da pinça vai regular fazendo com que ela se desencoste do disco ?

Avatar do usuário
chirola
Consultor Técnico
Consultor Técnico
Mensagens: 682
Registrado em: 27 Mar 2018, 15:01
Nome Completo: manuel rivas
Cidade: santo amaro da imperatriz
Estado: Santa Catarina
País: Brasil
Veículo: Vectra CD 2.0 16V Mec.
Fabricação/Modelo: 1997/1997

Trocar lona freio de mão vectra com freio disco e + 2 how to

por chirola » 07 Set 2019, 16:15

[quote="Guilherme Gazeto"]Fuente del Mensaje [quote="Almeidão"]Fuente del Mensaje
oi amigao nao volta solzinha nao a pinça vc tem que voltar manualmente
para voltar o pistao da pinça vc tira as pastilhas, abre o sangrador para o oleo velho nao voltar para o reservatorio muito importante abrir o sangrador porque a sujeira pode voltar e trancar as balbulas do ABS e da merda entao nao esquesa sempre abrir o sangrador .
e com uma alabanca espatula talhadeira chave de fenda grande cualquer coisa, vc enpuja o pistao para voltar encosta no disco e faz alavanca. com calma faz voltar instala as pastilhas fecha o sangrador e bomba no freio para encher a pinça.
para sangrar solzinho vc coloca uma mangueira de silicone transparente no bico do sangrador (mangueira de gasolina de silicone ) com a mangueira instalada abre o sangrador ,abre a tampa do reserbatorio e espera o fluido vai sair pela mangueira solzinho a ideia da mangueira tranparente e ver cuando sai fluido limpo(novo) e sem burbuhas de ar cuando pare de sair burbulhas de ar e sair fluido limpo fecha o sangrador , se vc que acelerar o proseso pode puxar com uma seringa grande e o fluido vai pasar mais rapido
desculpa meu portugues mais ecrebi rapido to no trampo abraço cualque consulta pode mandar por aqui mesmo

34 mensagens
  • 1
  • 2

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 8 visitantes