Vectra A[RESOLVIDO] Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

83 mensagens
Avatar do usuário
Ju_Bueno
Moderador
Moderador
Mensagens: 3062
Registrado em: 11 Abr 2013, 15:10
Nome Completo: Juliano Godoy Bueno
Cidade: Barra Bonita
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra GLS/Expres.2.2/ 2.0 e 2.0 CD 8V
Fabricação/Modelo: 1994/1994

[RESOLVIDO] Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Ju_Bueno » 06 Mai 2016, 11:26

Desde que comecei a "estudar" o sistema de arrefecimento e mexer no meu, tenho passado por um perrengue sem final. Hoje, mesmo após já ter trocado bomba d'água, radiador Delphi novo, VT (82° MTE), os 2 cebolões (MTE 741 e 767) e aferido o funcionamento com scanner, recondicionado as 2 ventoinhas e com o sistema limpinho com aditivo, ainda tenho problemas com refrigeração insuficiente.

Ocorre o seguinte: andando na cidade, sem AC, a temperatura se eleva até 92~93° e liga o primeiro estágio; ainda sobe pra 94° e só então começa a baixar beeeeem devagar até 90° e fica por aí, às vezes subindo pra 91° - detalhe, com as ventoinhas ainda ligadas. Deveriam baixar pra 88° e desligar, mas não acontece (exceto se pegar uma descida mais longa e deixar em cut-off). A partir do momento em que as ventoinhas ligam, não desligam mais, independente de quanto eu ainda ande. Se ligar o ar, sobe nos 96~97°, liga o segundo estágio, e se estiver muito calor, vai ainda pros 98° e começa a baixar bem, mas bem devagar... Aí geralmente eu desligo o AC com medo de dar merd@ e tb pq o rendimento dele cai bastante nessas circunstâncias :13: :55:

Já em rodovia, a temperatura se mantém abaixo do 90 (e acima do ponto azul) s/ AC, e c/ AC quase que estaciona nesses 90° e passa um pouquinho em aclives mais longos. Analisando isso, tenho a hipótese de que a ventoinha esteja fraca - msm depois de recondicionada :5: . Nessa semana comprei uma nova, mas optei pela do Monza 94-96, que entra certinho no defletor mas tem a hélice diferente - 5 pás bem largas, igual do Vectra 94 (a minha original Bosch tem 7 pás mais estreitas e curvas, acho que igual do Vectra B). Mas como o clima deu uma amenizada, ainda não deu pra avaliar o funcionamento.

Robson, a VT certamente é Wahler. Já usei uma dessa com a mesma inscrição 82/97. E nessa MM, tem alguma inscrição?

Mais umas perguntinhas que preciso fazer:
-Qdo o 2º estágio ainda funcionava, qual era a temperatura de trabalho que o relógio indicava usando AC na cidade?
-Agora sem ele funcionar, até onde o 1º estágio dá conta de baixar tb usando AC?

*As perguntas acima foram direcionadas ao Robson Lott porque a postagem estava no tópico garagem dele. Pelo assunto ter se delongado, toda a conversa foi movida pra este tópico, criado especificamente pra este caso.
JULIANO -
08/2008-09/2011: Gol LS 1986
11/2011-09/2017: Vectra GLS 1995 - viewtopic.php?t=217
10/2017-________ :Astra Hatch Elegance 2005 - viewtopic.php?f=71&t=16493

Imagem

Imagem

Avatar do usuário
diego.oliveira2
GL Member
GL Member
Mensagens: 54
Registrado em: 03 Fev 2016, 13:54
Nome Completo: Diego Oliveira Silva
Cidade: Salvador
Estado: Bahia
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Vectra GSi 1994/1995 Azul Cezanne

por diego.oliveira2 » 06 Mai 2016, 11:55

Juliano, a pergunta não foi pra mim, mas fiquei curioso rsrs. Pelo que vc ta descrevendo, vc nao ta tendo problema nenhum com arrefecimento. A temperatura "normal" de trabalho, é a que fica exatamente no meio do relógio, ou seja, 95°C. Pelo que vc descreve, nas situações que falou, me parece totalmente normal. O meu, com o ar ligado e num dia quente, também sobre pros 98ºC e depois que o segundo estagio liga desce. A temperatura do meu baixa rápido, qustão de minutos. Não sei o seu, mas essa temperatura não é prejudicial ao meu ver. Tanto que a faixa vermelha no painel fica lá pros 105°C. Qual temperatura vc acha que seria normal num dia quente com o AC ligado? O carro tem que trabalhar próximo aos 95º sempre, muito menos ou muito mais que isso, aí sim é problema.
Diego Silva

Vectra GSi 94 vermelho Schumman

Garagem
http://www.clubedovectra.com.br/forum/viewtopic.php?f=70&t=12977

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Robson Lott » 06 Mai 2016, 13:27

Bem, vamos lá! :103: Lembrando que sou bem cabaç0 pra mecânica/elétrica, dentre outros relacionados à carros, viu!? Meu lance é entender, discutir tecnicamente e tentar meter a mão pra ver q q rola! :6:



Ju_Bueno escreveu:Robson, a VT certamente é Wahler. Já usei uma dessa com a mesma inscrição 82/97. E nessa MM, tem alguma inscrição?


E ai, Juliano!!!
Cara, vamos lá... Já viu que eu não gosto de digitar, né!? kkkkkkkkkk

A MM tem a marca no centro da peça de 92o C e num-sei-quantos o. F! hehehehe!!! Mas não tem a inscrição de quantos graus abre e quantos graus fecha, apenas 92o ok!?

Mais umas perguntinhas que preciso fazer:
-Qdo o 2º estágio ainda funcionava, qual era a temperatura de trabalho que o relógio indicava usando AC na cidade?
-Agora sem ele funcionar, até onde o 1º estágio dá conta de baixar tb usando AC?


Quando o 2o. estágio funcionava, era perceptível que o instrumento no painel marcava exatamente após o risquinho do centro. Ou seja, supostamente 95 ou 96 graus, certo? Lembrando que nossos painéis tem mais de 20 anos, e por isso que resolvi trocar o sensor que manda essa informação, talvez buscando um pouco mais de precisão que sabemos que não vamos ter, a não ser trocando o cluster no painel e tirar quaisquer interferências, certo?

Agora (aliás, quando tava quente em CWB! hehehehe), sem 2o. funcionar, com A/C ligado o 1o. estágio praticamente não consegue segurar o tranco, né... o ponteiro chega a apontar pra quase 100o e não passa, mas também não resfria, a não ser que se desligue o A/C ou pegue uma avenida pra aumentar o fluxo de ar à 60km/H, certo?

Desde que comecei a "estudar" o sistema de arrefecimento e mexer no meu, tenho passado por um perrengue sem final. Hoje, mesmo após já ter trocado bomba d'água, radiador, VT (82°), os 2 cebolões e aferido o funcionamento com scanner, recondicionado as 2 ventoinhas e com o sistema limpinho com aditivo tenho problemas com refrigeração insuficiente.


Exatamente! Eu também passei a estudar esse sistema quando tinha o Monza com injeção MPFI analógica. Digo isso pq o digital, quem comandava os estágios da ventoinha era a ECU da Rochester/Delphi, diferente da Motronic nossa e do Corsa que tive. Então era somente 1 sensor pra tudo, e se ele desse pau (resistência fora do range), a ECU adotava um estado de emergência no sentido de armar a ventoinha no 2o. estágio. Quando desplugava esse sensor, era até bom pra testar! hehehehe!!! Enfim, vooooooooooltando!

O Monza com cebolão, tinha uma estratégia diferente do Vectra-A, mas as dúvidas de temperatura levantou uma boa discussão no fórum lá e um amigo engenheiro me explicou o seguinte (não sei quem tá certo ou errado, só sei que faz sentido!)

- Em um sistema vedado, sem obstrução, liga o nosso Familia II frio. A bomba dágua gira a água dentro do bloco, troca de calor com o cabeçote por convecção enquanto a VT tá fechada. Atingindo (ex.) 92o, a VT passa a abrir, empurrando água quente para o radiador, que empurra água fria pro motor, fazendo o motor se resfriar alguns graus (ou mantendo), mas com seu funcionamento, voltando a esquentar normalmente. Lembrando que a água que sai do motor/VT não chega a ter a mesmíssima temperatura logo que chega no(s) cebolão(ões), senão eles iriam imediatamente se armarem, né?! E sabemos que isso não acontece.
- Pois bem, com o fluxo de ar resfriando o radiador e a VT fazendo seu devido controle, o motor se mantém em uma temperatura média ainda não suficiente pra armar o cebolão de 1o. estágio.
- Se o fluxo de ar no radiador não é suficiente pra manter a temperatura média do motor, o mesmo irá esquentar, passando o fluxo de água pro radiador, que aí sim passará a ter a água quente suficiente pra armar o cebolão 1o. estágio, correto?
- Com o cebolão no 1o. estágio armado, o comportamento será como quando a VT passa a abrir: a água no radiador estará mais fria, esfriará o motor, que esfriará a água dentro dele, que esfriará o cebolão, fazendo o desarmar. Lembrando que esse comportamento é quando o fluxo de ar consegue esse efeito.
- Caso contrário, tanto o motor quanto o radiador continuarão a esquentar (*ex.: em um congestionamento ou em um calor ambiente) e fará com que o cebolão do 2o. estágio passe a sentir esse calor de x (no nosso caso 95) graus e se armará, fazendo o mesmo efeito quando a VT abre e/ou quando a ventoinha no 1o. estágio fazem.
- Diante desse comportamento, sempre o motor estará em um range de temperatura ótima de trabalho. O 1o. estágio pode até não dar conta, quando a temperatura ambiente é alta, mas pelo menos temos o 2o. estágio pra "bincar" com o sistema, voltando a fazer com que a VT mantenha o motor no range de temperatura ótima.

Ocorre o seguinte: andando na cidade, sem AC, a temperatura se eleva até 92~93° e liga o primeiro estágio; ainda sobe pra 94° e só então começa a baixar beeeeem devagar até 90° e fica por aí, às vezes subindo pra 91° - detalhe, com as ventoinhas ainda ligadas. Deveriam baixar pra 88° e desligar, mas não acontece (exceto se pegar uma descida mais longa e deixar em cut-off). A partir do momento em que ligam, não desligam mais, independente de quanto eu ainda ande. Se ligar o ar, sobe nos 96~97°, liga o segundo estágio, e se estiver muito calor, vai ainda pros 98° e começa a baixar bem, mas bem devagar... Aí geralmente eu desligo o AC com medo de dar merd@ e tb pq o rendimento dele cai bastante nessas circunstâncias

Já em rodovia, a temperatura se mantém abaixo do 90 (e acima do ponto azul) s/ AC, e c/ AC quase que estaciona nesses 90° e passa um pouquinho em aclives mais longos. Analisando isso, tenho a hipótese de que a ventoinha esteja fraca - msm depois de recondicionada. Nessa semana comprei uma nova, mas optei pela do Monza 94-96, que entra certinho no defletor mas tem a hélice diferente - 5 pás bem largas, igual do Vectra 94 (a minha original Bosch tem 7 pás mais estreitas e curvas, acho que igual do Vectra B). Mas como o clima deu uma amenizada, ainda não deu pra avaliar o funcionamento.


Acho que esse comportamento do seu tá quaaaaaase normal. O que me intriga é ele baixar tanto assim (quando em cut-off ou quando em rodovia, de acordo com o que vc citou) A queda de temperatura lenta e a manutenção da temperatura do motor alta realmente faz o carro ficar lento. O meu, quando chegava quase nos 100o (também 98 ou 99 graus!) ficava estranho!

A hipótese da ventoinha fraca, primeiro acho que vc deve descartar o que pode fazer o carro esquentar tanto. No 2.0 8v tem sonda lambda, mas tem distribuidor com rotor, certo? Ou seja, partindo da hipótese de que sua tampa do distribuidor + rotor não estejam bons, nem a lambda (pra corrigir), faísca fraca faz a mistura ficar incompleta, causando aquecimento excessivo na câmara, esquentando mais o motor. Entradas falsas de ar também. O que acha?

Meu Monza tinha esse comportamento, de aparentar o motor estar muuuuuito quente, aquecendo rápido também. Eu também desconfiei da eficiência da ventoinha, fiquei cabreiro, mas preferi mexer nas entradas de ar falsas (ele não tem lambda) e nas velas, cabos, rotor e tampa do distribuidor. Olhei também os conectores do cebolão, relês, limpando eles, bem como o aterramento do motor. Melhorou um pouco, mas vendi ele assim e não pude ver como ficou a médio prazo. Ah! Inclusive ele esquentava tanto, que quando eu passei por Marília e Ourinhos-SP, tava um baaaaaaaita calor, A/C ligado e a ventoinha no 2o. estágio praticamente não desarmava. Acredita que até as barrinhas do painel (digital) chegaram a passar do meio e subir pra quase perto do vermelho?)

Acho que vc pode tentar olhar o que pode tá causando esquentar, e não o que possivelmente não esteja diretamente relacionado a não-esfriar, sabe!? Tipo lavar o sistema, tirar o radiador e lavar ele ao contrário (metendo água na saída - lado esq e deixando ela sair pela entrada - lado dir, onde tem a VT). No Monza tb fiz isso e o radiador Valeo (não mais original de fábrica) saiu até grãos de areia!!!

Por isso fiquei bem surpreso com seu relato, pois no seu GSI só o 1º estágio estava dando conta de usar o AC.
Parabéns pelo trato no GSI. Não disse que ele iria melharar???
Abs!

*Desculpa o texto enorme. Se quiser que eu remova daqui, a gente pode continuar por MP.


Imagina!!! :) Pelo que vc pode perceber, o 1o. estágio não necessariamente tá dando conta de usar o carro sob congestionamento e A/C ligado, né!? Espero que, assim que voltar a esquentar em Curitiba, com a troca da VT e o sensor da ECU (que pode talvez estar estragada, mandando sinal errado pra ECU que deixaria a mistura errada, provocando aquecimento excessivo) agora ele consiga não esquentar tanto. Mas vou olhar o funcionamento do 2o. estágio que ainda tá me coçando a cabeça - conectores possivelmente oxidados, relê, aterramento, etc.)

E é verdade! Devagar, mas tá melhorando sim!!! :40:

PS: VT de 92 graus tá correta pro seu 8v?
Revisando aqui, outras considerações:

Deveriam baixar pra 88° e desligar, mas não acontece (exceto se pegar uma descida mais longa e deixar em cut-off). A partir do momento em que ligam, não desligam mais,

Já em rodovia, a temperatura se mantém abaixo do 90 (e acima do ponto azul) s/ AC, e c/ AC quase que estaciona nesses 90° e passa um pouquinho em aclives mais longos.


Deveriam, concordo! Mas algo tá fazendo o carro se manter tão quente o suficiente pra NÃO desarmar o(s) cebolão(ões)
Já em rodovia, tá certo! Ou seja, com a VT segurando a onda, deve tá entre os 88 (ela fechada) e 90 (com o fluxo de ar no radiador fazendo não passar disso!)
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Robson Lott » 06 Mai 2016, 13:37

Concordo com o Diego!!! Também acho que não tá ruim, mas não tá legal também, pois tanto o GSi do Diego, quanto o meu GSi, a ventoinha no 2o. estágio funciona em poucos minutos, suficiente pra ver o ponteiro do instrumento descer. Por isso que comentei anteriormente, em milhares de letras de meus longos e redundantes textos (desculpeeeeeeem!!!!!! kkkkk!!!!) : algo tá estranho com a eficiência de resfriamento, mas pode ser também com algo que tá fazendo o motor ganhar calor mais do que o nosso GSi.

Mas Diego, tal como no Vectra 8v do Ju, o meu também perde de rendimento quando se aproxima dos 100o. É impressionante e assustador a mudança de comportamento do carro. Ou seja, algo no arrefecimento DEVE ser verificado no carro dele (e no meu tb!) pra não deixar chegar nesse ponto! Ou seja, o 2o. estágio DEVE (ao menos funcionar, no meu caso! kkkkkk!!) se armar logo e abaixar a temperatura mais rapidamente antes do calor provocar esse comportamento de falta de rendimento.

Isso me fez lembrar quando eu viajei pro Ecuador com meu ex-Vectra CD. Ele lotado (com minha mudança e meu pai ao lado) tava com o sistema seladinho, com os cebolões funcionando perfeitamente, bem como a VT. Eu subia os andes Peruanos com 5 graus de temperatura ambiente, a mais de 3.000m de altitude, com ele (pobre coitado!) se asfixiando (porém com a ECU e o VAF fazendo seus devidos ajustes de mistura) pra ter um rendimento razoável na subida a 50km/h com o acelerador em 50% de abertura. Como eram subidas retas bem inclinadas e longas, dava pra ir observando o ponteirinho subindo (mesmo no gelo que tava lá fora! O motor tava sendo muuuuuuuito solicitado, né!), atigindo os 95o, armando a 2a. velocidade, dando pra ouvir ela, vendo o ponteiro abaixar, desarmando o 2o. estágio. Em seguida, coisa de um par de minutos, tudo de novo! E assim seguia esse ciclo por váaaaaaarias vezes! Dava um friooooo na barriga maior que o que tava lá fora, quando descíamos pra dar aquele mijã0! kkkkkkkkkkk!!!

Abraços!
Robson Lott

PS: Acho que tenho o vídeo disso! Vou ver se posto no YT
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Vectra GSi 1994/1995 Azul Cezanne

por Robson Lott » 06 Mai 2016, 13:50

Off topic, mas quase on-topic! :lol:

https://www.youtube.com/watch?v=Nw8PpcJL0WU

PS: como incorporar o vídeo na postagem??? :23:
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Ju_Bueno
Moderador
Moderador
Mensagens: 3062
Registrado em: 11 Abr 2013, 15:10
Nome Completo: Juliano Godoy Bueno
Cidade: Barra Bonita
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra GLS/Expres.2.2/ 2.0 e 2.0 CD 8V
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Vectra GSi 1994/1995 Azul Cezanne

por Ju_Bueno » 06 Mai 2016, 14:57

Robson Lott escreveu:Fuente del Mensaje
A queda de temperatura lenta e a manutenção da temperatura do motor alta realmente faz o carro ficar lento. O meu, quando chegava quase nos 100o (também 98 ou 99 graus!) ficava estranho!

Nessa temperatura o que perde o rendimento no caso do meu carro é o AC. Começa a ficar desconfortável dentro dele. No motor não percebo nada de anormal.

Robson Lott escreveu:Fuente del Mensaje Partindo da hipótese de que sua tampa do distribuidor + rotor não estejam bons, nem a lambda (pra corrigir), faísca fraca faz a mistura ficar incompleta, causando aquecimento excessivo na câmara, esquentando mais o motor. Entradas falsas de ar também. O que acha?

Dessa parte não entendo muito, mas falsa entrada de ar e faísca fraca ocasionariam falhas / cortes no funcionamento? A mistura e queima inadequada tb afetariam o consumo, não mesmo? Na cidade nunca calculei - mas não acho que tenho a reclamar do consumo, e na rodovia média de 14, alguma coisa - excelente, não? Ah, no final de janeiro troquei velas e cabos antes de viajar.

Robson Lott escreveu:Fuente del Mensaje
Acho que vc pode tentar olhar o que pode tá causando esquentar, e não o que possivelmente não esteja diretamente relacionado a não-esfriar, sabe!? Tipo lavar o sistema, tirar o radiador e lavar ele ao contrário (metendo água na saída - lado esq e deixando ela sair pela entrada - lado dir, onde tem a VT). No Monza tb fiz isso e o radiador Valeo (não mais original de fábrica) saiu até grãos de areia!!!

Então, fiz limpeza no sistema várias vezes, desmontando termostática, retirando o radiador e enfiando a mangueira d'água na entrada de água do motor e com o motor funcionando, até a água sair limpinha. O radiador, mesmo sendo novo, já lavei da maneira q vc mencionou. Foi levantada a hipótese de o cabeçote estar taxado, mas não há grilos (detonação), e com o fato de em rodovia o motor trabalhar "não muito quente", foi descartado. Tb já misturei etanol na gasolina, não houve mudança e ao chegar na reserva, mandei apenas etanol no tanque. Nada tb. Um dia larguei o motor funcionando rua e na garagem (após ter chegado com o motor quente) com as ventoinhas ligadas e ficou lá nos 91° - não esfriou / desarmou.

Robson Lott escreveu:Fuente del Mensaje
PS: VT de 92 graus tá correta pro seu 8v?

A valvula é de 82°. Segundo informações daqui do fórum e auto-peças tb, Monza, Astra e Vectra a gasolina usa essa mesmo - vários usam tb nos flex.

Robson Lott escreveu:Fuente del Mensaje
Revisando aqui, outras considerações:

Deveriam baixar pra 88° e desligar, mas não acontece (exceto se pegar uma descida mais longa e deixar em cut-off). A partir do momento em que ligam, não desligam mais. Já em rodovia, a temperatura se mantém abaixo do 90 (e acima do ponto azul) s/ AC, e c/ AC quase que estaciona nesses 90° e passa um pouquinho em aclives mais longos.


Deveriam, concordo! Mas algo tá fazendo o carro se manter tão quente o suficiente pra NÃO desarmar o(s) cebolão(ões)

Aqui é o ponto. Não tenho problemas com superaquecimento. A questão é uma demora muito grande para refrigerar. E aqui já comento em resposta ao Diego tb. Como ele comentou, no dele a temperatura baixa rápido. No meu não. Eu posso largar o carro ligado, tanto na garagem como ao ar livre que as ventoinhas ficam lá ligadas o tempo todo e não baixa pra 88° a fim de desligarem.

Vou esperar algum dia quente (acho que nesse fim de semana) pra se a ventoinha nova melhora algo.

**Robson, a discussão ficou longa d+. Estou querendo mover essas postagens pra minha garagem pra não poluir a sua com o meu problema. Lá eu fico + à vontade pra postar em mínimos detalhes.
JULIANO -
08/2008-09/2011: Gol LS 1986
11/2011-09/2017: Vectra GLS 1995 - viewtopic.php?t=217
10/2017-________ :Astra Hatch Elegance 2005 - viewtopic.php?f=71&t=16493

Imagem

Imagem

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Vectra GSi 1994/1995 Azul Cezanne

por Robson Lott » 06 Mai 2016, 15:17

Ju_Bueno escreveu:Nessa temperatura o que perde o rendimento no caso do meu carro é o AC. Começa a ficar desconfortável dentro dele. No motor não percebo nada de anormal.


Hmmmm!! Entendi! Pior que no meu caso também acontece do A/C perder rendimento quando o 2o. estágio não entra, e quando os 100o do reloginho faz bund@-lelê pro ponteiro! Mas faz sentido isso, pois a eficiência do A/C TAMBÉM está diretamente relacionada à refrigeração do condensador, certo? :47:

Dessa parte não entendo muito, mas falsa entrada de ar e faísca fraca ocasionariam falhas / cortes no funcionamento? A mistura e queima inadequada tb afetariam o consumo, não mesmo? Na cidade nunca calculei - mas não acho que tenho a reclamar do consumo, e na rodovia média de 14, alguma coisa - excelente, não? Ah, no final de janeiro troquei velas e cabos antes de viajar.


Sim, causariam. Imperceptíveis, talvez em marcha lenta ou em trisco no acelerador. Mas é uma suposição, né... como eu disse, nossa Motronic tem correção pela sonda lambda, então não seria tanto o caso.

Isso me levantou outra suspeita: Será que seu VAF foi mexido? Se alteram a calibração do ponteiro ou da pista, ou da mola da portinhola, manda a info errada pra ECU que "corrige" a mistura erroneamente. O que acha?

Então, fiz limpeza no sistema várias vezes, desmontando termostática, retirando o radiador e enfiando a mangueira d'água na entrada de água do motor e com o motor funcionando, até a água sair limpinha. O radiador, mesmo sendo novo, já lavei da maneira q vc mencionou. Foi levantada a hipótese de o cabeçote estar taxado, mas não há grilos (detonação), e com o fato de em rodovia o motor trabalhar "não muito quente", foi descartado. Tb já misturei etanol na gasolina, não houve mudança e ao chegar na reserva, mandei apenas etanol no tanque. Nada tb. Um dia larguei o motor funcionando rua e na garagem (após ter chegado com o motor quente) com as ventoinhas ligadas e ficou lá nos 91° - não esfriou / desarmou.


Puts, é verdade! :61: Seu sistema tá limpo, não é o caso então...
E mesmo taxado, como não "grila", tb não faria sentido...
Pelo visto, é isso mesmo q vc comentou: eficiência do RESFRIAMENTO, não seria o motor estar aquecendo demais, pelo visto... Mas o bom seria comparar sei lá, talvez o ruído e velocidade das minhas ventoinhas com a sua, pra ver se mesmo reparada/trocada por uma nova, descartaríamos de vez a hipótese do seu motor estar aquecendo demais.
Tb já pus 100% de álcool no CD 95! :6: :6:

A valvula é de 82°. Segundo informações daqui do fórum e auto-peças tb, Monza, Astra e Vectra a gasolina usa essa mesmo - vários usam tb nos flex.


Certo! Só desconfiei mesmo!

Aqui é o ponto. Não tenho problemas com superaquecimento. A questão é uma demora muito grande para refrigerar. E aqui já comento em resposta ao Diego tb. Como ele comentou, no dele a temperatura baixa rápido. No meu não. Eu posso largar o carro ligado, tanto na garagem como ao ar livre que as ventoinhas ficam lá ligadas o tempo todo e não baixa pra 88° a fim de desligarem.

Vou esperar algum dia quente (acho que nesse fim de semana) pra se a ventoinha nova melhora algo.

**Robson, a discussão ficou longa d+. Estou querendo mover essas postagens pra minha garagem pra não poluir a sua com o meu problema. Lá eu fico + à vontade pra postar em mínimos detalhes.


Certo, entendo que seu carro não superaquece mesmo, mas a demora de esfriar e o risco de ir pra lá de 98 graus imaginando que a ventoinha no 2o estágio esteja suaaaaaando pra baixar a temperatura do motor, me fez erroneamente citar que seu carro superaquece! Malzzzzz ai!!! hehehehe!!! :88:

Dias quentes, que cheguem logo! Eu tb tô sem poder testar o meu, queria levar no mecânico mas ver novamente o problema acontecendo! O meu, no caso do 2o. estágio, QUANDO ARMA :13: , também abaixa rápido!

Cara, não se preocupe com sujar o tópico não! Essa é uma discussão na qual tenho total interesse de levantar hipóteses e chegar a conclusões pra arrumar TODOS NOSSOS VECTRAS véios!!! Caaaaaaaaso vc ache que seja o caso de mover tudo pra um tópico técnico, ok. Mas não se preocupe com esse daqui não, tá!? :88:

Pensei em uma coisa aqui: Mesmo a aplicação da sua VT (de onde vc tirou a informação?) sendo pro 8v 82o, tô com uma pulga atrás da orelha se essa especificação de VT junto aos ceboloões.... será q não tá conflitando não!???!?! Num seria o caso de vc "investir" uns 50 reais e comprar uma MM com carcaça de 92o para fins de teste??? Perder ela vc num vai, pq ao revender ela aqui no forum, certamente alguerm compra ela de vc!

Abraços!
RObson Lott
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Ju_Bueno
Moderador
Moderador
Mensagens: 3062
Registrado em: 11 Abr 2013, 15:10
Nome Completo: Juliano Godoy Bueno
Cidade: Barra Bonita
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra GLS/Expres.2.2/ 2.0 e 2.0 CD 8V
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Ju_Bueno » 06 Mai 2016, 16:05

Robson Lott escreveu:Fuente del Mensaje
Isso me levantou outra suspeita: Será que seu VAF foi mexido? Se alteram a calibração do ponteiro ou da pista, ou da mola da portinhola, manda a info errada pra ECU que "corrige" a mistura erroneamente. O que acha?

Eita!!!! Num quero nem pensar que seja esse treco... Mexer nele só mandando praquele cara (acho que Ricardo, do RJ, né?) e sabemos que o trem não é barato.

Robson Lott escreveu:... Mas o bom seria comparar sei lá, talvez o ruído e velocidade das minhas ventoinhas com a sua, pra ver se mesmo reparada/trocada por uma nova, descartaríamos de vez a hipótese do seu motor estar aquecendo demais.


Acho que comparar seria fácil com os carros lado a lado. Por vídeo, sei lá - talvez ficaria imperceptível. Em janeiro mandei dar uma geral no compressor do ar e recarregar o gás; o técnico disse que essa ventoinha parece estar muito fraca. O eletricista tb "achou" isso. Mas foi conferida a corrente no chicote, e "eletricamente", tudo em ordem. Na hora que eu puder testar pra valer essa ventoinha nova, ou mato o "largato" ou tenho que procurar outra causa para o problema. Afinal com a ventoinha original estava desse jeito, com ela retificada continuou; e se com uma nova continuar, já descarto.



Robson Lott escreveu:Dias quentes, que cheguem logo! Eu tb tô sem poder testar o meu, queria levar no mecânico mas ver novamente o problema acontecendo! O meu, no caso do 2o. estágio, QUANDO ARMA :13: , também abaixa rápido!

Vc já tentou fazer um jump no cebolão? Isso identifica se ele está operando ou não. Já fiz e refiz nos meus várias vezes, inclusive nesta semana pra conferir se a ventoinha nova realmente tem 2 rotações.

Robson Lott escreveu:Pensei em uma coisa aqui: Mesmo a aplicação da sua VT (de onde vc tirou a informação?) sendo pro 8v 82o, tô com uma pulga atrás da orelha se essa especificação de VT junto aos ceboloões.... será q não tá conflitando não!???!?! Num seria o caso de vc "investir" uns 50 reais e comprar uma MM com carcaça de 92o para fins de teste??? Perder ela vc num vai, pq ao revender ela aqui no forum, certamente alguerm compra ela de vc!

Bem, a VT é a super-hiper recomendada aqui no fórum pelo Almeidão, com muitos relatos que usando ela a temperatura fica "filé". E se não me engano, na caixinha dela veio a aplicação mencionada "Astra / Vectra Gasolina". É a MTE 82° 211 série ouro.
Já os cebolões são os MTE correspondente aos originais: 741 - 88/83° e o segundo 767 - 1 95/90° 2 - (acho que 115/120).
Mas uma pergunta: se usar uma VT mais quente, ela vai segurar a água quente por mais tempo no motor, o que a aquecerá ainda mais. Isso não vai comprometer a troca de calor, sendo que quanto mais quente a água que sair do motor, mais vai demorar para resfriá-la no radiador?
JULIANO -
08/2008-09/2011: Gol LS 1986
11/2011-09/2017: Vectra GLS 1995 - viewtopic.php?t=217
10/2017-________ :Astra Hatch Elegance 2005 - viewtopic.php?f=71&t=16493

Imagem

Imagem

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Robson Lott » 11 Mai 2016, 13:59

Ju_Bueno escreveu:Eita!!!! Num quero nem pensar que seja esse treco... Mexer nele só mandando praquele cara (acho que Ricardo, do RJ, né?) e sabemos que o trem não é barato.


Hehehehe!!! Não mesmo, mas foi com ele (Rafael Bakker) que refiz o VAF do meu ex-CD e ficou muito bom! :6: Mas é uma hipótese, né?! :28:

Ju_Bueno escreveu:Acho que comparar seria fácil com os carros lado a lado. Por vídeo, sei lá - talvez ficaria imperceptível. Em janeiro mandei dar uma geral no compressor do ar e recarregar o gás; o técnico disse que essa ventoinha parece estar muito fraca. O eletricista tb "achou" isso. Mas foi conferida a corrente no chicote, e "eletricamente", tudo em ordem.


SIm, faz sentido... E se houve uma opinião de alguem "de fora" de que a ventoinha esteja realmente fraca, é uma fortíssima hipótese de que então ela esteja fraca e não conseguido abaixar a temperatura de teu motor à contento! :13:

Ju_Bueno escreveu:Na hora que eu puder testar pra valer essa ventoinha nova, ou mato o "largato" ou tenho que procurar outra causa para o problema. Afinal com a ventoinha original estava desse jeito, com ela retificada continuou; e se com uma nova continuar, já descarto.


Passados esses dias, matou o :2: ? hehehehe!!! Ou seja, foi possível instalar a ventoinha nova?

Sabe uma coisa que eu tava pensando... em todo o momento (salvo exceções) estamos falando de ventoinha e seus 2 estágios. Como o Vectra CD que tive eram 2 ventoinhas, uma na frente do condensador, outra atrás do radiador, estamos falando que ambas são ligadas em paralelo??? Ou seja, 2 estágios para as 2 ventoinhas? :61:

Ju_Bueno escreveu:
Robson Lott escreveu:Dias quentes, que cheguem logo! Eu tb tô sem poder testar o meu, queria levar no mecânico mas ver novamente o problema acontecendo! O meu, no caso do 2o. estágio, QUANDO ARMA :13: , também abaixa rápido!

Vc já tentou fazer um jump no cebolão? Isso identifica se ele está operando ou não. Já fiz e refiz nos meus várias vezes, inclusive nesta semana pra conferir se a ventoinha nova realmente tem 2 rotações.


Cara, ainda não, acredita? O problema é o acesso, minha mão não é pequena, mas não entra no vão pra tentar desconectar sem lascar a pele em algum lugar, ou estragar algo no carro. Acho que o lance seria de fazer isso com o carro suspenso, não!? Talvez pelo fato do meu Vectra ser 16v... :11:

Ju_Bueno escreveu:Bem, a VT é a super-hiper recomendada aqui no fórum pelo Almeidão, com muitos relatos que usando ela a temperatura fica "filé". E se não me engano, na caixinha dela veio a aplicação mencionada "Astra / Vectra Gasolina". É a MTE 82° 211 série ouro.
Já os cebolões são os MTE correspondente aos originais: 741 - 88/83° e o segundo 767 - 1 95/90° 2 - (acho que 115/120).
Mas uma pergunta: se usar uma VT mais quente, ela vai segurar a água quente por mais tempo no motor, o que a aquecerá ainda mais. Isso não vai comprometer a troca de calor, sendo que quanto mais quente a água que sair do motor, mais vai demorar para resfriá-la no radiador?


Entendi... é verdade, até em catálogos on-line aparece que o Vectra 8v usa 82 graus de VT... :102: Já as ventoinhas, é quase isso mesmo q vc escreveu, a única ressalva, é: queria muito saber onde vc conseguiu encontrar a especificação de que o 767 é 95/90 graus? No site da MTE só tem que é 95/120 (arma a 95 graus a ventoinha no 2o. estágio, e desacopla o compressor do A/C a 120o)

Isso é verdade, não sei se aplica no seu caso (além da questão da aplicação errada para o 8v), pois com a VT mais quente, vai conflitar, piorando o problema que há no seu carro, certo?

Abração!!!
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Ju_Bueno
Moderador
Moderador
Mensagens: 3062
Registrado em: 11 Abr 2013, 15:10
Nome Completo: Juliano Godoy Bueno
Cidade: Barra Bonita
Estado: São Paulo
Veículo: Vectra GLS/Expres.2.2/ 2.0 e 2.0 CD 8V
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Vectra GSi 1994/1995 Azul Cezanne

por Ju_Bueno » 11 Mai 2016, 14:44

Robson Lott escreveu:Fuente del Mensaje

Passados esses dias, matou o :2: ? hehehehe!!! Ou seja, foi possível instalar a ventoinha nova?

Ela já estava instalada, mais foi bem nos dias que veio a frente fria, e no fim de semana esfriou de novo. Andei um pouco com o carro e tive a impressão de que houve uma sensível melhora - mas pode ser só efeito placebo e então o clima externo mais ameno. Tenho que esperar voltar os 30° novamente...

Robson Lott escreveu:Sabe uma coisa que eu tava pensando... em todo o momento (salvo exceções) estamos falando de ventoinha e seus 2 estágios. Como o Vectra CD que tive eram 2 ventoinhas, uma na frente do condensador, outra atrás do radiador, estamos falando que ambas são ligadas em paralelo??? Ou seja, 2 estágios para as 2 ventoinhas?

Sim, estão em paralelo. As duas trabalham sempre juntas; em ambos os estágios - com ou sem uso do AC.

Robson Lott escreveu:O problema é o acesso, minha mão não é pequena, mas não entra no vão pra tentar desconectar sem lascar a pele em algum lugar, ou estragar algo no carro. Acho que o lance seria de fazer isso com o carro suspenso, não!? Talvez pelo fato do meu Vectra ser 16v... :11:

Não considero minha mão pequena, mas eu faço ali pelo cofre mesmo. Mas acho que tb dá por baixo sem ter que levantar o carro.

Robson Lott escreveu: queria muito saber onde vc conseguiu encontrar a especificação de que o 767 é 95/90 graus? No site da MTE só tem que é 95/120 (arma a 95 graus a ventoinha no 2o. estágio, e desacopla o compressor do A/C a 120o)

No próprio cebolão. 95/90; 115/120. Tenho o velho guardado.
JULIANO -
08/2008-09/2011: Gol LS 1986
11/2011-09/2017: Vectra GLS 1995 - viewtopic.php?t=217
10/2017-________ :Astra Hatch Elegance 2005 - viewtopic.php?f=71&t=16493

Imagem

Imagem

Avatar do usuário
Adalberto.jr
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 157
Registrado em: 28 Ago 2014, 12:32
Nome Completo: jose adalberto rodrigues junior
Cidade: Fortaleza
Estado: Ceará
Veículo: Vectra CD 2.0 (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Vectra GSi 1994/1995 Azul Cezanne

por Adalberto.jr » 13 Mai 2016, 20:43

Galera, quero dissertar sobre o comportamento d arrefecimento d meu carro. No manual, diz que a temperatura ideal de trabalho, é o traço intermediário, ou seja, 95 graus no painel d vectra A e 90 no painel d B.
No meu carro a temperatura oscila entre 88 e 97 graus com ou sem o ar. As ventuinhas são acionadas em 93 e 97 graus, e penam pra baixar, pois Fortaleza a temperatura média é de 40 graus rsrs
Mas ao trocar a tampa do reservatório, melhorando a pressurização do sistema, a temperatura média baixo um pouco e ficou melhor controlada.
Fato que me chamou atenção, foi o aumento da temperatura de trabalho, com adição do aditivo a base de etilenoglicol, acredito por aumentar a densidade d fluido!

Enviado de meu SM-G7102T usando Tapatalk

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Vectra GSi 1994/1995 Azul Cezanne

por Robson Lott » 18 Mai 2016, 11:15

Ju_Bueno escreveu:Ela já estava instalada, mais foi bem nos dias que veio a frente fria, e no fim de semana esfriou de novo. Andei um pouco com o carro e tive a impressão de que houve uma sensível melhora - mas pode ser só efeito placebo e então o clima externo mais ameno. Tenho que esperar voltar os 30° novamente...
(...)
Sim, estão em paralelo. As duas trabalham sempre juntas; em ambos os estágios - com ou sem uso do AC.
(...)
Não considero minha mão pequena, mas eu faço ali pelo cofre mesmo. Mas acho que tb dá por baixo sem ter que levantar o carro.
(...)
No próprio cebolão. 95/90; 115/120. Tenho o velho guardado.


Putz, esse efeito placebo é complicado, né!? :23: Aqui em Curitiba, mesma coisa... Não tá dando pra testar pelo frio!

No caso do acesso aos cebolões no 16v, infelizmente só com o carro erguido no elevador, ou com um macaco pra se meter por debaixo do motor... :56: Uma pergunta... tenho aqui alguns catálogos, inclusive daquele site "hackinglife" lá que cita os relês dos cebolões. Há um fusível para todo o sistema, ou há algum específico para o 2o. estágio?

Interessante ter essa gravação no cebolão original! Ou seja, deve ser que ele arma a 95o, desarma a 90o, desacopla o compressor a 120o e voltaria a acoplar ele a 115, certo?

Obrigado pelas orientações, Ju_Bueno! :84:
Abraços!

Adalberto.jr escreveu:Galera, quero dissertar sobre o comportamento d arrefecimento d meu carro. No manual, diz que a temperatura ideal de trabalho, é o traço intermediário, ou seja, 95 graus no painel d vectra A e 90 no painel d B.
No meu carro a temperatura oscila entre 88 e 97 graus com ou sem o ar. As ventuinhas são acionadas em 93 e 97 graus, e penam pra baixar, pois Fortaleza a temperatura média é de 40 graus rsrs
Mas ao trocar a tampa do reservatório, melhorando a pressurização do sistema, a temperatura média baixo um pouco e ficou melhor controlada.
Fato que me chamou atenção, foi o aumento da temperatura de trabalho, com adição do aditivo a base de etilenoglicol, acredito por aumentar a densidade d fluido!

Enviado de meu SM-G7102T usando Tapatalk


Adalberto (e até aos que estão lendo esse tópico! Gostaria inclusive que depois a gente crie um tópico específico sobre essa discussão na parte técnica do fórum, o que acham?)

Pela experiência que tive agora recentemente, vejo que a temperatura enviada pelo sensor da ECU (lido pelo scanner conectado em modo contínuo) não tem a precisão direta com o sensor do painel. Das duas, uma: ou o sensor de temperatura no painel realmente não é preciso, ou o MTE 4051 novo pra ECU que pus há 1 semana tá estragado! :70: Ah, ou o novo sensor do painel MTE que pus possa também tá estragado! hehehehe!!!

Mas sua experiência mostra que seu carro tá bem, até por conta da temperatura ambiente ser alta, né... ooooou, como o Vectra do Ju-Bueno, pela idade, as ventoinhas podem estar com o motor "cansado", né...

Abraços!!!
Robson Lott
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Adalberto.jr
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 157
Registrado em: 28 Ago 2014, 12:32
Nome Completo: jose adalberto rodrigues junior
Cidade: Fortaleza
Estado: Ceará
Veículo: Vectra CD 2.0 (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Adalberto.jr » 18 Mai 2016, 18:42

Robson, quanto a ventuinha, acho a primeira velocidade fraca, mas a segunda padrão. Fui a um especialista e esse me disse, que se houvesse problema, seria nas duas velocidades, pois segundo o eletricista está tudo nos conformes! Fato que me chamou atenção, foi adição do aditivo aumentar a temperatura de trabalho, acionar as ventuinha 1 grau mais tarde e principalmente, dificultar a troca térmica.

Enviado de meu SM-G7102T usando Tapatalk

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Robson Lott » 18 Mai 2016, 22:11

Adalberto.jr escreveu:Robson, quanto a ventuinha, acho a primeira velocidade fraca, mas a segunda padrão. Fui a um especialista e esse me disse, que se houvesse problema, seria nas duas velocidades, pois segundo o eletricista está tudo nos conformes!


Cara, como sou apenas um curioso, baixíssimo nível técnico, vou apenas palpitar meus achismos, ok!? :6:
Não concordo com esse especialista, tal como não concordei com outros especialistas que levei meu ex-Monza que tava com problema similar: baixo desempenho da(s) ventoinha(s) - que no caso do Monza é somente uma. A velocidade, ruído e fluxo de ar eu desconfiava que não estavam como de um outro Monza que tive. E a temperatura no painel custaaaaaaaava abaixar, mesmo com o carro em movimento em avenidas, e uma vez na cidade de Marília (calor não tão grande, mas um dos maiores que já senti!) o computador de bordo marcou 38 graus - em movimento. E dava pra perceber que o sol ali judiava da gente naquela ocasião. Pois bem, esse Monza que eu tive e desconfiava da baixa performance da ventoinha não fazia o motor resfriar, o pobre começou até a bater tuchos, mantive o A/C desligado e só depois que peguei a rodovia é que melhorou a situação. E era perceptível, minha mente não mente - em segunda velocidade NÃO se tinha a performance adequada, ainda mais comparado ao outro Monza que tive.

Enfim, toda essa ladainha acima é pra tentar te convencer de que, caso o carro demore a recuperar a temperatura normal de trabalho, e/ou quase-nunca desativar as ventoinhas (respectivamente) de tanto tempo que elas possam demorar pra surtir efeito refrigerante, creio que valha a pena olhar o motor dessas ventoinhas sim!

Fato que me chamou atenção, foi adição do aditivo aumentar a temperatura de trabalho, acionar as ventuinha 1 grau mais tarde e principalmente, dificultar a troca térmica.


Putz, não tenho a mínima ideia, não poderia opinar nada... só achismo tb! :105: E meu achismo diz que pode ser coincidência, efeito placebo mesmo... pois a "percepção" do sensor (se ele é fabricado/fundido pra ligar a x graus) não seria alterada pela presença de aditivo com tal e tal característica, e sem o aditivo, mudaria a temperatura na qual o elemento interno dele foi fundido. E acho que a troca térmica até teria haver, mas jamais dificultando, e sim melhorando essa troca... :88:

Abraços!
Robson Lott
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Adalberto.jr
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 157
Registrado em: 28 Ago 2014, 12:32
Nome Completo: jose adalberto rodrigues junior
Cidade: Fortaleza
Estado: Ceará
Veículo: Vectra CD 2.0 (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Adalberto.jr » 19 Mai 2016, 09:18

https://youtu.be/4nAHy7ZBJbY

Galera, esse vídeo do adg, reflete exatamente o que percebi no comportamento do sistema arrefecimento d meu carro, com adição d 3 litros de aditivo de etilenoglicol.
Alguém percebeu comportamento semelhante?

Enviado de meu SM-G7102T usando Tapatalk

Avatar do usuário
Adalberto.jr
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 157
Registrado em: 28 Ago 2014, 12:32
Nome Completo: jose adalberto rodrigues junior
Cidade: Fortaleza
Estado: Ceará
Veículo: Vectra CD 2.0 (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Adalberto.jr » 19 Mai 2016, 09:27

Robson, esse carro está na minha mão a 16 anos, pois conheço seu comportamento nos mínimos detalhes, então essa de efeito placebo não existe! É fato que meu carro anda mais quente com adição d aditivo a base de etilenoglicol, pois criei um tópico sobre o vídeo do adg, descrevendo exatamente esse comportamento! Ju_Bueno se quiser mudar o vídeo pra esse tópico seria mais conviniente pra discussão do assunto.

Enviado de meu SM-G7102T usando Tapatalk

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Robson Lott » 19 Mai 2016, 09:37

Relaxa, man! Como eu disse, sou apenas um curioso, baixíssimo nível técnico, vou apenas palpitar meus achismos. :76:
Aprendi mais uma nova agora!

Abraços,
Robson Lott
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Adalberto.jr
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 157
Registrado em: 28 Ago 2014, 12:32
Nome Completo: jose adalberto rodrigues junior
Cidade: Fortaleza
Estado: Ceará
Veículo: Vectra CD 2.0 (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Adalberto.jr » 19 Mai 2016, 09:47

Robson Lott escreveu:Relaxa, man! Como eu disse, sou apenas um curioso, baixíssimo nível técnico, vou apenas palpitar meus achismos. :76:
Aprendi mais uma nova agora!

Abraços,
Robson Lott

Perdão meu caro se fui rude, só quis explicar que conheço qualquer comportamento anormal do meu carro.
Abs

Enviado de meu SM-G7102T usando Tapatalk

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Robson Lott » 19 Mai 2016, 09:58

:84: Estamos bem! E acho que vc pode contribuir bastante pra que nossos Vectra-A possam estar tanto tempo em nossas mãos quanto o seu tá na tua! :88:

Quando peguei meu ex-CD 95, pensei que nunca ia vendê-lo. Era um carro de procedência, excelente em uso, conforto, potência e até mesmo consumo, pq mesmo sendo AT, considerava o consumo dele aceitável pelo projeto e pelas condições financeiras que eu tinha pra bancar a gasolixo a preço de ouro que pagamos aqui no Brasil. Até cheguei a fazer uma viagem de mudança pro exterior com ele, se comportou muito bem e achei que era um casamento eternamente apaixonante. Só que tive um problema de documentação do carro no Equador, e as explicações que me deram divergiam com as que eu obtive antes de fazer a viagem. Se eu tivesse ciente dos problemas que eu teria, claramente eu teria pendurado ele em cavaletes pra quando eu fosse voltar pro Brasil...

Enfim, a ideia, intenção e satisfação com esse GSi é a mesma! E para nós, entusiastas desses trem-véio de 20 anos de idade, é de suma importância adquirimos um bocado de conhecimento pra não deixar o carro ser mal manutenido na mão de tanta gente porca, né...

Espero que essas discussões técnicas venham pra que a gente saiba e consiga diagnosticar bem os problemas pra agir da forma mais efetiva na solução deles, concorda?

Acho que além dos anos de experiência, é muito pertinente seus comentários por conta de viver em uma região mais quente, onde o sistema de arrefecimento DEVE estar SEMPRE 100%. E conto contigo por seus comentários sim! :116:

Quanto mais "acalorado", melhor o papo! Até mesmo pra gente poder ter uma "equipe" de donos "bons", tal como vejo o que acontece em paralelo com nossos amigos que tem o Vectra-B aqui no forum!

Bora, vamo que vamo! :81:

Abraços!!!
Robson Lott

PS: Aproveitando o gancho, por suas experiências, ao monitorar em scanner a temperatura do motor (sinal vindo do sensor CTS), bate preciso com o sensor e instrumento do painel do teu Vectra?
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

Avatar do usuário
Robson Lott
EXPRESSION member
EXPRESSION member
Mensagens: 205
Registrado em: 11 Abr 2013, 08:23
Nome Completo: Robson Lott
Cidade: Curitiba, BH, Uberaba e SJRP
Estado: Paraná
Veículo: Vectra GSi 2.0 16V (modelo antigo)
Fabricação/Modelo: 1994/1994

Problema com arrefecimento - muita demora p/ abaixar a temperatura

por Robson Lott » 19 Mai 2016, 10:55

Sabe aquele famoso termo "só acredito, vendo"?
O vídeo que vc mandou etileno glicol vs. água de torneira (https://youtu.be/4nAHy7ZBJbY) é realmente bem interessante. Eu imaginava que a alteração da densidade por adição de componentes químicos pudesse alterar a troca de calor, mas pra uma troca mais rápida! Enfim, como é um produto usado em qualquer carro de qualquer fabricante, a troca mais "lenta" aparenta ser algo não prejudicial, arrisco dizer (e gostaria de saber o motivo) que a troca "lenta" seja algo pra melhor, ou seja. uma troca mais amenizada, menos brusca pro motor seja "melhor".

Uma coisa que me chamou a atenção é que as temperaturas de ativação e desativação pode ser que não mude, pois como comentei, o cebolão é fabricado/fundido pra armar/desarmar em tal temperatura.
Ou sim!
Mas creio que isso seja consequência mesmo da alteração da densidade do refrigerante. Ainda mais pq a posição dos cebolões em nossos Vectra-A fica quase q na parte inferior do radiador. Ou seja, a temperatura medida pelo sensor CTS que manda a informação pra ECU (e pro scanner) é uma (mais alta), e a temperatura do refrigerante é outra lá no radiador, na caixa lateral onde os cebolões estão, mesmo que a poucas dezenas de cm, seja suficiente para que a troca mais lenta dê a impressão de que ele iria armar a uma temperatura diferente da medida pelo CTS quando somente se tem água.

Abraços!
Robson Lott
'94 Vectra GSi 2.0 16v Azul Cezanne
Antes: Barueri/SP-18/01/2016 - 135.988km
Hoje: Curitiba/PR - infinitos kms!

Ex '95 Vectra CD Automatic-4 Preto Lizt
Antes: S.Caetano do Sul/SP-27/06/12-130.998km
Hoje:Contagem/MG-15/11/13-164.000km
BH a Ecuador - 7.300km http://bit.ly/11uJZUg

Imagem

83 mensagens

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 13 visitantes

Bem-vindo: 17 Fev 2019, 07:55